Sesc Campinas lança projeto ‘Abril Instrumental’ com repertório e trabalhos de compositores locais

Compartilhar

Um dos destaques é o show com o trio Azimuth, dia 12 às 18h. No palco, o grupo canta sucessos dos 40 anos de carreira, mesclando soul, jazz, samba e rock.

Sesc Campinas promove ‘Abril Instrumental’. Programação compõe quatro shows, às 16h30, todos os domingos a partir do dia 5. Nessa viagem pela música instrumental autoral, um novo recorte é apresentado com trabalhos de compositores locais e de outras regiões, proporcionando uma rica e diversificada pesquisa de ritmos e instrumentos.

Apresentações motivam e estimulam o público a apreciação de novos conceitos quando o assunto é música instrumental. O primeiro show, com Marcelo Onofri, acontece no dia 5, às 16h30, no Teatro do Sesc. No repertório, distintas possibilidades sonoras acontecem do encontro entre piano e acordeom. Já no dia 12, no palco, o grupo Azimuth toca sucessos dos 40 anos da carreira nacional e internacional. Com influências diversas e músicas predominantemente instrumentais, variando do samba ao funk, a banda hoje é formada por Alex Malheiros, Ivan Conti e Fernando Moraes. O show acontece no Jardim do Galpão a partir das 18h. Para as duas apresentações, os ingressos podem ser adquiridos pela internet (sescsp.org.br/campinas) e nas bilheterias das unidades do Sesc no Estado de São Paulo. Os preços variam entre R$ 5,00 e R$ 17,00.

No dia 19, quem se apresenta é Antônio Coimbra Quarteto. Com influências de Pat Metheny, George Benson, Lee Ritenour, entre outros, o artista apresenta seu primeiro CD intitulado “RED JAZZ”. A gravação contou com participações dos músicos Wagner Barbosa (bateria), Eduardo Puzzilli (percussão) e Rogério Loebien (baixo). O músico iniciou os estudos aos treze anos com professores particulares em Campinas. No último show do mês, dia 26, Chrys Galante faz apresentação do solo „Sinergia‟, em que ritmos brasileiros como tambores, percussão eletrônica e sampes se misturam às melodias e harmonias em linguagem popular. Ambos os shows são gratuitos e acontecem a partir das 16h30 na Área de Convivência.

Mais sobre Abril Instrumental no Sesc

O Sesc no Estado de São Paulo mantêm um projeto pioneiro de música instrumental, adaptado para TV em 1990, entretanto, já existe nos palcos das unidades do Sesc desde o início da década de 80. Atualmente, os shows acontecem semanalmente no Teatro Anchieta, na unidade Sesc Consolação. O projeto é um espaço de encontro entre músicos novos e consagrados de diversas vertentes, que contabiliza mais de 700 shows assistidos presencialmente por mais de 200 mil pessoas. Na internet, de 2007 a 2012, foram mais de 225 mil acessos ao site.

SERVIÇO
DIA 5 :: música :: MARCELO ONOFRI
Classificação Indicativa: livre. Duração: 90 minutos. Os ingressos podem ser adquiridos pela internet (sescsp.org.br/campinas) e nas bilheterias das unidades do Sesc no Estado de São Paulo. Os preços variam entre R$ 5,00 e R$ 17,00.

Com Edu Guimarães (sanfona) e Leandro Barsalini (percussão), o pianista Marcelo Onofri apresenta o novo álbum Lancelot‟s Adventures, depois de lançar os álbuns Dança (2003) e Temporâneo (2007). Cantor, compositor, arranjador e professor, formou-se em música no Conservatório Carlos Gomes e cursou composição e regência na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), época em que criou o Coral Latex, primeiro coro cênico de Campinas.

Marcelo_Onofri_Quarteto1-(cred.-divulgação)

Data: Dia 5 de abril, domingo, às 16h30.
Local: Teatro do Sesc Campinas.
Valores: R$ 5,00 [trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes (Credencial Plena)], R$ 8,50 [aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante] e R$ 17,00 [público em geral].

DIA 12 :: show :: AZYMUTH
Classificação Indicativa: livre. Duração: 90 minutos. Os ingressos podem ser adquiridos pela internet (sescsp.org.br/campinas), a partir das 15h do dia 31 de março e nas bilheterias das unidades do Sesc no Estado de São Paulo, a partir das 17h30 do dia 1o de abril. Os preços variam entre R$ 5,00 e R$ 17,00.

O trio brasileiro, que soma 40 anos de estrada, participou de movimentos como o soul nacional (ao lado do Trio Ternura, Tony Tornado, Tim Maia, Hyldon) e o rock brasileiro dos anos 70 (com Raul Seixas, Rita Lee e Erasmo Carlos). O grupo apresenta uma sonoridade calcada em batidas e teclados antigos, unindo soul, jazz, samba e rock. O trio já participou de gravações em estúdios com diversos cantores e orquestras.

Azymuth-(cred.-divulgação)

Data: Dia 12 de abril, domingo, às 18h.
Local: Jardim do Galpão.
Valores: R$ 5,00 [trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes (Credencial Plena)], R$ 8,50 [aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante] e R$ 17,00 [público em geral].

DIA 19 :: música :: ANTONIO COIMBRA QUARTETO
Classificação Indicativa: livre. Duração: 90 minutos.
Acompanhado por Ricardo Oliveira (bateria), Paulo do Santos (teclado) e Andre Groove (baixo),Antônio Coimbra apresenta o álbum de música instrumental intitulado “Red Jazz”, um trabalho influenciado por músicos como Pat Metheny e George Benson Lee Ritenour. Músico desde 1987, Antônio estudou no conservatório de Tatuí.

Antonio_Coimbra_Quarteto-(cred.-divulgação)

Data: Dia 19 de abril, domingo, às 16h30.
Local: Área de convivência.
GRÁTIS

DIA 26 :: música :: CHRYS GALANTE
Classificação Indicativa: livre. Duração: 90 minutos.
O percussionista Chrys Galante apresenta o 1o disco solo „Sinergia‟, que mistura ritmos brasileiros, com influências melódicas de outros cantos do mundo. „Sinergia‟ é um show instrumental com base nas raízes rítmicas brasileiras, em que tambores, percussão eletrônica e samples se misturam às melodias e harmonias de outros instrumentos, em uma linguagem popular, fundindo a raiz de nossos tambores ao mundo moderno.

Chrys_Galante-(cred.-divulgação)

Data: Dia 26 de abril, domingo, às 16h30.
Local: Área de convivência.
GRÁTIS

Deixe uma resposta