MACC recebe exposição de Martinho Caires dia 26 de Novembro

Compartilhar

Um itinerário pela solidão urbana, uma imersão no discurso do silêncio. “Paisagem silenciosa”, a nova exposição do fotógrafo Martinho Caires, terá sua abertura no dia 26 de novembro, quinta-feira, a partir das 19h30, no Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC).

A exposição é fruto de projeto aprovado pelo Fundo de Investimentos Culturais de Campinas (FICC), ligado à Secretaria Municipal de Cultura. A curadoria tem assinatura de Ligia Testa, produtora cultural e responsável pela concepção e organização de várias mostras individuais e coletivas.

Fotógrafo em tempo integral, com um olhar sempre atento aos detalhes, Martinho Caires é um pesquisador incessante do microcosmo que define a condição humana. Nessa busca sem trégua, está em permanente estado de alerta no sentido de identificar, no conjunto de seu trabalho, imagens que guardam conexão entre si e que, somadas, constituem um todo orgânico, um conjunto de signos com sentido e pleno de mensagens.

Esta foi a origem de “Paisagem silenciosa”, projeto que procura provocar uma reflexão emotiva e imagética sobre o estar e o transitar no ambiente urbano. Como o indivíduo percebe o lugar onde vive e convive? A indagação funciona como um fio condutor da exposição que joga luzes sobre o diálogo permanente do humano com o seu habitat.

São mais de 30 fotos, concebidas em momentos distintos da trajetória do fotógrafo. Entre elas estão tanto imagens da década de 1990, obtidas com equipamento analógico, como fotos digitais, produzidas desde o início do século 21. A exposição permite ao observador, portanto, acompanhar a evolução do olhar crítico do fotógrafo sobre o que significa ser humano no ecossistema urbano.

Fotógrafo, fotojornalista e artista de imagens, Martinho Caires também é produtor cultural e profissional de marketing. Participou em mais de 60 exposições individuais e coletivas.

Entre outros prêmios, foi contemplado em editais da Funarte, que viabilizaram a circulação de suas fotos em espaços consagrados como Galeria Funarte do Rio de Janeiro, Espaço UFF de Fotografia de Niterói e Galeria Itaú de Brasília e São Paulo. Participou, igualmente, de coletiva na Galeria Itaú de Campinas e da coletiva “Unicamp 40 Anos” no Espaço Cultural CPFL.

Em 2013 foi contemplado no FICC, com o projeto “Campinas, Província ou Metrópole”, e no edital do MACC, com o projeto “Cidade Imaginária”, exposição coletiva realizada em 2014, na qual atuou como fotógrafo e curador. Venceu ainda os concursos Fotografe Campinas e Painel Fotográfico Hércules Florence. Em 2015 foi co-autor do livro “República de Campinas”, como fruto de projeto contemplado pelo FICC.

A abertura da exposição “Paisagem Silenciosa” acontecerá, no dia 26 de novembro, de forma simultânea à segunda edição do projeto “Quinta à noite no museu”, iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura de Campinas com o objetivo de fomentar as visitas ao MACC. A partir das 17h30, serão promovidas várias atividades, em dança, música e outras linguagens artísticas, na área interna do MACC e na parte externa, incluindo os jardins que abrigam importantes obras de arte. Uma diversidade de opções culinárias estará à disposição do visitante.

Foto-Martinho-Caires_Exposicao-Paisagem-Silenciosa

SERVIÇO
Paisagem Silenciosa – Exposição fotográfica de Martinho Caires
Local: Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC) – Av. Benjamin Constant, 1633, Centro – Campinas. (19) 2116-0341 e 2116-0346
Data: 26 de novembro, quinta-feira
Horário: 19h30 (“Quinta à noite no museu” a partir das 17h30)
Entrada: gratuita
Novos horários do MACC: de terça-feira a sábado, das 10h às 18h; quinta-feira, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 11h às 15h. Fechado às segundas-feiras

Deixe uma resposta