Video Guerrilha pela primeira vez em Campinas

Compartilhar

Intervenção urbana de arte-mídia será realizada no Largo do Rosário e combinará megaprojeções com apresentação da Camerata Bachiana, regida pelo maestro João Carlos Martins

O Vídeo Guerrilha, projeto de intervenção de arte-mídia, que tem como objetivo transformar áreas de uma cidade em uma galeria a céu aberto. Pela primeira vez, a abertura oficial do Video Guerrilha ocorrerá paralelamente à apresentação do maestro João Carlos Martins regendo a Camerata Bachiana, uma homenagem ao compositor Heitor Villa-Lobos, no projeto Na Roda com o Maestro.
O evento será realizado entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro, das 20 às 24h.

De acordo com o criador do Vídeo Guerrilha e diretor da Visualfarm, Alexei Anastasiou, o evento vai mostrar atrações interativas que fizeram sucesso nas edições anteriores, realizadas em São Paulo, como é o caso do Agigantador de Pessoas, instalação que projeta, em um prédio ou fachada e ao vivo, imagens gigantes de participantes voluntários, captadas com uma câmera simultânea em um estúdio em plena praça Largo do Rosário.

O Vídeo Guerrilha explora as possibilidades de mudanças no espaço urbano por meio de megaprojeções de imagens, fotos, vídeos, poesias, animações e gravuras. “Desta vez, vamos utilizar sete espaços projetivos, que compõem a paisagem em torno da praça, como suporte para projeções e vídeo mapping, transformando o local e oferecendo ao público presente um cenário visual inédito”, comenta Anastasiou.

Veja o vídeo da edição de 2012

As megaprojeções também mostrarão diversas vertentes da arte-mídia, expondo desde trabalhos de vídeo mapping (projeção mapeada), desenvolvidos por artistas, estudantes e criativos da Visualfarm. Os visitantes também poderão interagir com o evento por meio do grafitti virtual – para isso dois monitores vão ensinar as pessoas a desenhar e animar o que quiserem. Durante os três dias de evento, haverá, ainda, uma empena dedicada aos trabalhos feitos pelas crianças da Associação Anhumas Quero-Quero e de filhos de funcionários da CPFL Energia, patrocinadora do evento. Uma projeção vertical exibirá trabalhos de estudantes e artistas brasileiros selecionados na chamada aberta – interessados em participar podem se inscrever gratuitamente até o dia 23/11 no site do projeto www.videoguerrilha.com.br.

Deixe uma resposta