Maio Amarelo incentiva redução da velocidade e atitudes seguras

Compartilhar

Fonte: Assessoria de Imprensa

Reduzir a velocidade, se atentar às regras de circulação e dar a preferência no trânsito. Essas são as boas práticas incentivadas pelo movimento Maio Amarelo Campinas 2019. Desacelerar é a palavra-chave da campanha promovida pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), entre os dias 1º e 31 de maio. 

O Maio Amarelo tem a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. Neste ano, o movimento irá reforçar que a pressa do dia a dia e o individualismo no trânsito são fatores determinantes para os índices de acidentes. Com o mote “Desacelere! Viva mais”, as ações da campanha deixarão claro que todos são responsáveis pela segurança no trânsito. A ideia é destacar que o trânsito é feito por pessoas, não veículos.

 “Desacelerar e viver mais são preceitos com amplo significado quando aplicados ao trânsito. Não se trata apenas de diminuir a velocidade ao dirigir e respeitar as regras de circulação. Desacelerar envolve também equilíbrio, percepção do outro, ter serenidade ao tomar decisões no trânsito. Viver mais pressupõe preservar a sua vida e a de outras pessoas, por meio de atitudes seguras no trânsito e, também, aproveitar melhor a vida”, explica o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.

 Inspirada pelo movimento slow, que combate as rotinas frenéticas, a “Desacelere! Viva mais” incentiva a coexistência harmoniosa no trânsito e fomenta o senso coletivo. As ações da campanha serão pautadas nas estatísticas, que indicam redução nos óbitos de pedestres, mas também um número ainda alto de vítimas motociclistas e idosos. O Maio Amarelo Campinas 2019 também terá como pano de fundo a Campanha VIVA, lançada em junho de 2018. A VIVA dissemina o respeito entre todos os usuários das vias públicas, focando especialmente nos pedestres; e busca reduzir em, no mínimo, 15% as mortes por acidentes nas vias municipais.

Em Campinas, o índice de mortes no trânsito por 100 mil habitantes, que é um dado comparativo utilizado no mundo todo, é de 4,86. Esse índice é comparável ao de cidades do mesmo porte de Campinas, em países do primeiro mundo. A média mundial é de 17,4.

Para tornar esse cenário possível, a Emdec atua firmemente em três frentes: Educação, Engenharia de Trânsito e Fiscalização; tendo como norte a Prevenção. “As ações de educação no trânsito, como as que integram o Maio Amarelo, contribuem para que o município esteja reduzindo, ano a ano, os índices de mortes no trânsito”, completa o secretário de Transportes.

No ano passado, sob o tema “Nós Somos o Trânsito”, o Maio Amarelo promoveu cerca de 100 ações de conscientização para o alto índice de acidentes no trânsito, sendo 32 eventos em instituições de ensino. Cerca de 100 parceiros foram mobilizados e a meta de 1 milhão de pessoas impactadas foi atingida, considerando as campanhas de mídia e comunicação.

Programação

 Já são mais de 80 eventos confirmados na edição 2019 do Maio Amarelo, envolvendo três pilares: parcerias com escolas, empresas e instituições; incremento das atividades educativas já existentes; e divulgação em diferentes mídias.

O pontapé do Maio Amarelo Campinas 2019 foi dado na quarta-feira, 1º de maio, durante o 2º Fórum Campinas pela Paz, que ocorreu na Praça Arautos da Paz. Educadores da Emdec realizaram corpo a corpo educativo no evento, focando especialmente nas travessias seguras.

No dia 10 de maio, o secretário de Transportes e diretor-presidente da Emdec, Carlos José Barreiro, apresentará palestra no 1º Fórum Metropolitano de Segurança no Trânsito da RMC, tendo o Maio Amarelo como pano de fundo.

A programação completa pode ser conferida no portal da Emdec, no hotsite emdec.com.br/maioamarelo. O cronograma é atualizado de forma contínua, conforme novas ações são confirmadas.

Álvaro da Silva Júnior

Jornalista, Fotógrafo e profissional de Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe uma resposta