Projeto Conexão Cultural leva cinema e teatro para inspirar crianças a trabalhar com tecnologia

Compartilhar

Fonte: Assessoria de Imprensa

Foto: Gabriel Borghi

O Conexão Cultural, projeto de formação de plateia e democratização da cultura, leva teatro e cinema de forma gratuita para a população. Entre maio e junho serão oferecidas 112 apresentações teatrais e 24 sessões de cinema em uma estrutura itinerante, que inclui palco e arena com espaço para 250 pessoas sentadas. O projeto conta com patrocínio da Uber e tem o objetivo de inspirar meninos e meninas a se interessarem pelo fascinante mundo das ciências e tecnologia. As atividades em Campinas ocorrem de terça-feira (28) a sexta-feira (31). Nas últimas semanas a iniciativa passou por Porto Alegre, Curitiba e São Paulo.

Duas companhias vão se revezar nas apresentações teatrais. A Casa do Bispo Atelier apresenta a peça “Agora é hora do código binário”, espetáculo que conta a história dos primos Joca e Juju, dupla cheia de curiosidade que busca uma forma de construir um mundo melhor. Os figurinos e a direção da peça são de Fabrício Ghomes, diretor artístico da Casa do Bispo, que esse ano integra a equipe de diretores da 34ª edição do Natal Luz, de Gramado.

Já a companhia Realejo apresenta o espetáculo “Uma janela para o mundo”, com as personagens Luna, Lara e Lilu, meninas imaginativas e inventivas. No meio da história, Luna bate a cabeça e vai parar num outro tempo-espaço. Ela acorda num laboratório tecnológico onde duas cientistas malucas e seu robô estão trabalhando. Ali, a garota conhece um mundo novo e descobre uma rede de mulheres inventoras que apresentam um mundo de tecnologia e ciências. A programação inclui ainda quatro filmes: Moana, Valente, Divertidamente e Escritores da Liberdade.

O projeto, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura, é realizado pelo Ministério da Cidadania e Magma Cultura. Com patrocínio da Uber, a iniciativa integra a campanha Eu Consigo, projeto que busca inspirar as crianças a acreditarem no próprio potencial e se interessarem por tecnologia e ciência. A iniciativa conta também com a parceria da Força Meninas e da Code.org, além das prefeituras municipais de cada cidade visitada.

Roteiro

Campinas/SP: 28 a 31 de maio – CEU Mestre Alceu

Programação
Terça: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais) e 19h30 (cinema)
Quarta: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais) e 19h30 (cinema)
Quinta: 8h30/10h/14h/15h30 (apresentações teatrais) e 19h30 (cinema)
Sexta: 8h30/10h (apresentações teatrais)

Espetáculo: Agora é hora do código binário (Cia Casa do Bispo Atelier)

Sinopse: Dois primos – Juju e Joca – nasceram no mesmo dia e uniram forças para construir uma máquina fantástica que ajudaria as pessoas a terem uma vida melhor. Muito atrapalhados, mas com uma vontade enorme de ajudar os outros, eles irão mergulhar em pesquisas na tentativa de inventar algo novo. Até que em determinado dia, encontram na escola uma sala secreta cheia de livros. Com muita interação com a plateia, eles descobrem que um mundo melhor é aquele onde os ensinamentos do passado, aliados com as tecnologias do presente, podem garantir um futuro promissor. Nesta incrível jornada os dois levarão ao público muita música aliada a textos informativos sobre sistema binário para despertar no espectador a consciência da importância de união coletiva em prol de um mundo melhor.

Espetáculo: Uma janela para o mundo (Cia Realejo)

Sinopse: Luna, Lara e Lilu são meninas imaginativas e inventivas. Num domingo, enquanto caminham rumo ao QG onde costumam ir para ter ideias, elas encontram um garoto, que sempre as desafia e questiona e faz mais uma provocação. Elas, então, chegam exaustas e enfurecidas no QG onde se encontram para ter ideias mirabolantes. No meio da euforia, Luna bate a cabeça e vai parar num outro tempo-espaço. Ela acorda num laboratório tecnológico onde duas cientistas malucas e seu robô estão trabalhando. Ali, a garota conhece um mundo novo e descobre uma rede de mulheres inventoras que apresentam um mundo de tecnologia e ciências.

Filmes

Moana

Duração: 1h50 | Distribuidor: Walt Disney Pictures | Classificação: Livre

A mais nova “princesa” Disney é uma garota corajosa, inteligente, senhora de seu destino que encara qualquer desafio sem pestanejar e sem perder a doçura (quando não for necessário).

Valente

Duração: 1h40m | Distribuidor: Walt Disney Pictures | Classificação: Livre

Merida é uma princesa sim, mas ela é fora do comum! Não deseja pra ela uma vida de princesa, ela ama ser guerreira, correr com seu cavalo e atirar suas flechas. Não tem nenhum interesse em se casar e arruma briga com sua própria mãe para fazer valer a sua essência.

Divertidamente

Duração: 1h35m | Distribuidor: Walt Disney Pictures | Classificação: a partir de 6 anos

Com a mudança para uma nova cidade, as emoções de Riley, que tem apenas 11 anos de idade, ficam extremamente agitadas. Uma confusão na sala de controle do seu cérebro deixa a Alegria e a Tristeza de fora, afetando a vida de Riley radicalmente.

Escritores da Liberdade

Duração: 2h04 | Distribuidor: Paramount Pictures | Classificação: a partir de 12 anos

O livro “The Freedom Writers Diaries” traz relatos reais da professora Erin Gruwell.. O filme é inspirado na obra literária e mostra como a educadora superou os desafios da educação no contexto socioeconômico vulnerável na escola retratada, onde nem os colegas de profissão acreditavam nos alunos.

Hebe Rios

Editora-chefe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 4 =

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.