Página do TSE esclarece eleitor sobre notícias falsas

Compartilhar

Desde as Eleições de 2018, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não parou de trabalhar no desenvolvimento de estratégias e ações para enfrentar o fenômeno da desinformação. A página “Esclarecimentos sobre Notícias Falsas” – lançada no pleito do ano passado – foi atualizada, ganhou mais recursos e um novo nome: “Fato ou Boato?”. O site passou a reunir, em um só espaço, todos os conteúdos produzidos para rebater as informações falsas sobre a Justiça Eleitoral.

Segundo a assessora-chefe de Comunicação do TSE, Ana Cristina Rosa, trata-se de uma evolução da ferramenta disponibilizada em 2018, dentro do rol de ações da campanha de esclarecimento ao eleitor, intitulada “TSE contra Fake News”. A campanha rendeu à Corte a indicação como finalista da 16ª edição do Prêmio Innovare, na categoria “Tribunal”, cujo resultado será conhecido no dia 3 de dezembro.

“Nós sentimos a necessidade de agregar todos os conteúdos produzidos pelo Tribunal em um único local. É como se fosse uma versão 2.0 da página de 2018, com mais dados e ferramentas para atestar a veracidade da informação. A ideia é facilitar a vida do cidadão, reunindo informações sobre esse tema numa pagina clean, fácil de navegar e amigável”, disse a assessora-chefe.

O espaço contará também com materiais produzidos pelas instituições parceiras, que aderiram ao Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020.

Fato ou Boato? 

Com um layout mais moderno no formato onepage (todo conteúdo disposto na mesma página), o novo espaço foi dividido em oito áreas: Passo a Passo, Esclarecimentos, Quiz, Mitos Eleitorais, Agências, Posts, Candidatos e Fake News.

Para acessar o site, basta digitar o endereço www.justicaeleitoral.jus.br/fato-ou-boato/ ou, por meio do site do TSE, no centro da página, clicar no banner “Fato ou Boato?”.

No ícone Passo a Passo há dicas de como identificar uma informação falsa. Os tópicos foram desenvolvidos pela Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), que é parceira do Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições 2020.

Já na seção Esclarecimentos, foram disponibilizados textos e vídeos produzidos durante as Eleições de 2018 com o objetivo de desmentir informações falsas sobre a Justiça Eleitoral, a urna e o voto.  

Logo em seguida, o site apresenta um quiz para os usuários testarem seus conhecimentos sobre o processo eleitoral brasileiro. 

Os vídeos da série Mitos Eleitorais, produzidos pela equipe de Campanhas do TSE, também integram o leque de conteúdos disponíveis no site.

Na sequência, a página conduz o cidadão a um espaço chamado Checagem dos Fatos!, no qual a ideia é que todos conheçam as agências de fact-checking que são parceiras do TSE no Programa de Enfrentamento à Desinformação.

Na parte denominada Posts, estão reproduzidas algumas artes que foram compartilhadas dentro da iniciativa #NaDúvidaNãoCompartilhe, em 2018.

Descendo um pouco mais ou clicando no ícone Candidatos, o usuário é direcionado a um espaço para conhecer o postulante ao cargo eletivo de determinada eleição. O local reúne informações e serviços do TSE e de outras instituições que levam o eleitor a informações sobre as receitas e despesas dos candidatos, se há alguma pendência do político com a Justiça e um contexto sobre o histórico do candidato escolhido na pesquisa.

Por fim, estão reunidos os vídeos e esclarecimentos da série Fake News e Eleições, lançados entre o primeiro e o segundo turno de votação do pleito de 2018. 

Fonte: Assessoria de Imprensa TSE

Hebe Rios

Editora-chefe

Deixe uma resposta