Ponte Preta vence o Botafogo em Ribeirão e consegue sua primeira vitória no Paulista

Compartilhar

O volante Camilo anotou o gol da partida e decretou os três pontos para equipe do Majestoso

Em uma tarde ensolarada na cidade de Ribeirão Preto, Botafogo e Ponte Preta entraram em campo buscando a reabilitação no Campeonato Paulista, já que na primeira Rodada, ambas as equipes perderam apresentando um futebol bem abaixo do esperado. E quem se deu bem, foi a Macaca. A equipe do Técnico Gilson Kleina  conseguiu tirar proveito de uma das poucas chances que teve e trouxe os primeiros três pontos para Campinas.Com isso, a Ponte assumiu  provisoriamente a liderança do grupo A.

O Jogo

A partida começou quente, igual ao tempo. Com menos de 1’, duas faltas duras no meio campo, uma para cada lado. Em falta cobrada aos 4’, o zagueiro Jordan impediu que a bola chegasse na cabeça de Roger, a bola saiu para escanteio. Na cobrança, Trevisan cabeceia firme e a bola passou por cima da meta, assustando Darlei, tiro de meta. Primeiro ataque do Botafogo foi aos 11’. Bom lançamento de William para corrida de Gustavo Henrique, Trevisan faz boa leitura e a bola sai pela linha de fundo.

Aos 17’, bola alçada na área da Macaca, mas Ferreira cabeceia muito mal, passando longe do gol de Ygor. Nos 23’, dividida pelo alto entre Didi e Trevisan, a bola sai para escanteio para a equipe da casa. Na cobrança fechada, Ygor saiu de soco e afastou o perigo. Aos 24’, a primeira grande chance de gol do jogo. Apodi fez belo lançamento para Roger, que saiu cara a cara de Darlei, mas, finalizou em cima do goleiro e a bola saiu para escanteio, quase a Macaca abriu o marcador. Na cobrança, Lazaroni cruzou e a bola foi em direção ao zagueiro Trevisan, que cabeceou no travessão, que assustou o goleiro Botafoguense. Nos 30’, parada técnica decretada pelo arbitro, um sol para cada um em Ribeirão.

Bola voltou a rolar aos 34’ e o Botafogo chegou com perigo. Diego Cardoso arranca da intermediária, invade a área e bate cruzado. Rafinha aparece na segunda trave, nas costas de Jeferson, e finaliza. Ygor se estica todo e faz boa defesa. Depois da hidratação, parece que os jogadores acordaram. Apodi desce pela esquerda e cruza rasteiro. Bruno Rodrigues tentou de letra, mas furou. Roger apareceu logo atrás, mas foi travado por Didi na hora certa, e a bola ficou com Darley.

Nos 44’, perigo contra a Ponte. Após cruzamento feito pela direita, Gustavo Henrique antecipou Cléber Reis e cabeceou. Goleiro Ygor se esticou todo e defendeu, bola ainda tocou no travessão, quase a rede balança no Santa Cruz. Na ultima chance da primeira etapa, Botafogo chegou bem novamente. Rafinha soltou uma bomba da intermediária e exigiu mais uma grande defesa do goleiro Ygor. Fim de papo no primeiro tempo.

Ponta pé inicial para o segundo tempo em Ribeirão. Aos 3’,João Paulo arriscou de longe obrigando o goleiro Darlei fazer uma boa defesa. Nos 9’, a Macaca abriu o marcador. Bruno Rodrigues ganha a jogada pela esquerda e fez bom passe para o volante Camilo livre na entrada da área, que  pega de primeira e faz um lindo gol no Santa Cruz. 1×0. Equipe mandante tentou responder na sequencia.

Nos 13’, bom levantamento na área, mas Ferreira cabeceou fraco e a bola ficou tranquila para o goleiro Pontepretano. Aos 19’, Apodi recebeu boa bola em profundidade e finalizou, a bola desviou na zaga e saiu com perigo. O calor prejudicou a segunda etapa das equipes. Apenas no 31’, o Botafogo voltou a dar um chute ao gol, mas sem perigo. Dois minutos depois, ai sim uma chance perigosa. Caíque Sá recebeu na área e achou Gustavo Henrique no meio dos zagueiros. O atacante girou e, de frente para o gol, mandou por cima. Quase o empate do Botafogo. Nos minutos finais da partida, o Botafogo manteve a posse de bola no meio campo, mas sem oferecer perigos de gol a defesa da Macaca. Final de partida, Ponte vence por 0x1.

A Macaca se recupera no Paulistão. Após a derrota em casa para o Santo André, na ultima Quinta Feira, a Ponte Preta teve que buscar pontos fora de seus domínios para seguir bem na caminhada de se classificar para as Quartas de Finais da competição. O calor, de certa forma, atrapalhou as equipes nesta tarde de Domingo, além do mais, sendo inicio de temporada e o preparo físico não ser o ideal, qualquer ponto deverá ser muito bem comemorado pelos jogadores da equipe de Campinas. Já o Botafogo, acumula sua segunda derrota seguida e se complica no seu grupo, se tornando único a não somar um ponto sequer, está na lanterna da segunda chave e o sinal de alerta já está ligado em Ribeirão.

A Ponte Preta volta a campo na próxima Quinta Feira (30), as 21h30, no Moisés Lucarelli, contra o Corinthians. Enquanto o Botafogo – SP,  na Quarta Feira(29), vai ao Novelli Jr, enfrentar a equipe do Ituano para tentar somar seus primeiros pontos na competição.

Ficha Técnica

Campeonato Paulista – Segunda Rodada – Botafogo x Ponte Preta

Domingo, 26 de Janeiro de 2020, Estádio Santa Cruz – Ribeirão Preto – SP

Botafogo – SP: Darlei, Caíque Sá, Jordan, Didi, Guilherme Romão, Willian Oliveira, Ferreira(Gabriel Calabres), Murilo(Ronald), Diego Cardoso(Luketa), Rafinha e Gustavo Henrique. TEC: Wagner Lopes

Ponte Preta: Ygor, Jeferson, Cleber Reis, Trevisan, Lazaroni(Yuri), Camilo, Bruno Reis(Dawhan), Apodi, João Paulo(Zanocelo), Bruno Rodrigues e Roger. TÉC: Gilson Kleina

Gol: Camilo (Ponte Preta)

Arbitro: José Cláudio Rocha Filho

Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Paulo Cesar Modesto

Cartões Amarelos: Bruno Reis, Henrique Trevisan, João Paulo (Ponte Preta). Diego Cardoso, Gabriel Calabres(Botafogo – SP)

Publico e Renda: Não foi divulgado.

Por: Anderson Pinheiro

Deixe uma resposta