Com muita reclamação, Ponte Preta perde em casa para o Palmeiras

Compartilhar

A liderança da chave pode ficar mais distante após o termino da rodada para a Ponte Preta

Na noite deste Sábado, a Ponte Preta recebeu o Palmeiras no Majestoso e saiu derrotada pelo placar mínimo. Em jogo de tempos distintos, a macaca fez uma boa segunda etapa, mas não conseguiu igualar o marcador e saiu reclamando muito da arbitragem por conta de pênaltis não marcados. A equipe Alviverde, que tomou conta do primeiro tempo, obtendo três chances claras de gol, anotou um tento que foi decisivo para o resultado final.

O jogo

 A bola rolou no Moisés Lucarelli com o Palmeiras tendo a maior posse de bola durante alguns minutos. A Macaca respondia com contra ataques rápidos pelo lado do campo explorando a velocidade de Apodi e Bruno Rodrigues. Mas a primeira chance clara de gol na partida ficou para o lado Verde. Bela escapada de Dudu pela esquerda, ele rolou para Lucas Lima bater de primeira e Ygor Vinhas fez uma grande defesa.

Na sequência, a Ponte respondeu com um bom chute de média distancia de João Paulo, que assustou Weverton. O Palmeiras continuava tocando bola e chegando com mais perigo. Boa trama do ataque, Zé Rafael invadiu a área e rolou para trás, a zaga da Ponte colocou para escanteio.

De tanto apertar, a rede balançou. Em mais uma boa jogada de Dudu pela esquerda, o camisa sete achou Luiz Adriano pelo meio, que só rolou para willian tocar no canto direito de Vinhas, abrindo o placar para o Palmeiras, aos 32. Depois do gol, a Ponte  só conseguiu chegar com uma cabeçada de Roger, que passou perto da trave do goleiro Palmeirense.

Segundo Tempo

Na segunda etapa, a Ponte voltou melhor e começou a pressionar em busca do empate. Quem carregava as jogadas da Macaca era o meia João Paulo. Logo aos 11, Bruno Reis perdeu boa chance. E logo depois, Weverton fez grande defesa na cabeçada de João Paulo, e no rebote, Saraiva chutou no travessão.

Nitidamente a equipe visitante cansou. A Macaca aproveitou isso e continuou martelando em busca de seu gol. O Palmeiras tentava escapar em alguns contra ataques, mas sem sucesso. Nos minutos finais da partida, Weverton mais um vez fez milagre. O meia João Paulo novamente fez boa jogada e arrematou, para boa defesa do arqueiro Verde.

Logo na sequencia, segundos antes do apito final, João Paulo e Dudu foram expulsos por se estranharem em uma cobrança de falta. Ambos os técnicos nas coletivas, discordaram  da decisão do arbitro, que saiu muito criticado pelas duas equipes.

Com o resultado, a Macaca continua em segundo do grupo A, mas pode ver o Santos abrir vantagem na liderança, pois ainda joga na rodada. Já o Palmeiras, assume provisoriamente a liderança do B, aguardando outros resultados para ver se termina a rodada sem ninguém a sua frente.

A Ponte Preta volta a campo na próxima Segunda Feira, as 20h, em Itu, contra o Ituano. O Palmeiras, no Domingo, as 16h, recebe o Mirassol no Allianz Parque.

Ficha Técnica

Campeonato Paulista – Quinta Rodada – Ponte Preta 0x1 Palmeiras

Sábado, 8 de Fevereiro de 2020 – Estádio Moisés Lucarelli, Campinas – SP

Ponte Preta: Ygor Vinhas, Apodi, Wellington Carvalho, Trevisan, Lazaroni, Bruno Reis (Zanocelo), Dawhan, João Paulo, Matheus Anderson (Saraiva), Bruno Rodrigues (Safira) e Roger. Téc: Gilson Kleina

Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha (Mayke), Felipe Melo, Gustavo Gomez, Victor Luiz, Ramires (Patrik de Paula), Zé Rafael, Lucas Lima, Willian, Dudu e Luiz Adriano (Bruno Henrique). Téc: Vanderlei Luxemburgo.

Gol: Willian (Palmeiras)

Amarelos: Apodi, Wellington Carvalho, João Paulo e Matheus Anderson (Ponte Preta). Felipe Melo e Dudu (Palmeiras)

Vermelhos: João Paulo (Ponte Preta) e Dudu (Palmeiras)

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Luiz Alberto Nogueira

Publico e Renda: 4171 pessoas, para uma renda de R$ 107.590,00

por Anderson Pinheiro

fotos: Renato Cesar Pereira

Deixe uma resposta