Feac quer levar recursos para periferias que enfrentam o Coronavírus

Compartilhar

A Fundação FEAC é parceira do Matchfunding Enfrente o Corona, iniciativa da Fundação Tide Setubal que tem como objetivo destinar recursos a projetos das periferias que previnam a disseminação e promovam o enfrentamento da pandemia Covid-19 nas regiões mais vulneráveis socialmente à convivência com a doença.

Por meio do Enfrente, a FEAC está disponibilizando recursos para iniciativas da Região Metropolitana de Campinas: Americana, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Morungaba, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antônio de Posse, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Em todo o Brasil, o projeto de financiamento colaborativo, em parceria com a Benfeitoria – plataforma de financiamento coletivo (crowdfunding) – destinará R$ 4.370.000,00 para que iniciativas periféricas brasileiras tirem do papel soluções para enfrentar o Coronavírus nestes territórios. 

O match acontece da seguinte forma: para cada real doado, a plataforma coloca mais R$ 2,00. Isso significa que cada iniciativa que conseguir alcançar até R$ 10 mil pela mobilização de seus próprios parceiros e sociedade, leva o dobro do valor de match, chegando até a R$ 30 mil. A outra maneira de doar é para o fundo geral que somará mais recursos para que os apoios aos projetos sejam contínuos. 

As inscrições estarão abertas constantemente, e o período de análise das ações foi agilizado para que esse dinheiro chegue mais rápido a esses projetos. Valem iniciativas de conscientização, cuidados com a saúde (física e emocional), distribuição de donativos e suporte a micro e pequenos empreendedores. Os projetos serão selecionados semanalmente.

O financiamento coletivo para enfrentar o Covid-19 nas periferias contará com recursos da Fundação Tide Setubal e dos parceiros Fundação FEAC; Fundação Itaú Social, Fundação José Luiz Egídio Setubal, Instituto Galo da Manhã, Fundação Arymax, Instituto GPA e Instituto Humanize.

Informações: (19) 99155 3075

Fonte: Assessoria de Imprensa

Hebe Rios

Editora-chefe

Deixe uma resposta