Irreverente, Banda Pedra Letícia se apresenta pela primeira vez em Campinas

Compartilhar

Show acontece no dia 1º de fevereiro, no Andarilho Bar e Restaurante

Com seu pop rock irreverente e malicioso, a banda Pedra Letícia vem conquistando o Brasil. Criada em 2005 em Goiânia, a capital sertaneja, a banda percorreu os bares da região mostrando um rock bem executado e divertido, com letras inteligentes e arranjos empolgantes. Com mais de 35 milhões de acessos no YouTube e participações em programas de TV, a banda já agitou platéias em 16 estados brasileiros, em mais de 350 shows. E Campinas será a próxima parada da banda, que se apresentará no Andarilho Bar e Restaurante, no dia 1º de Fevereiro, dentro do Projeto Andarilho Cultural.

Formado por Fabiano Cambota nos vocais, Thiago Sestini na percussão, Zé Junqueira na bateria, Kuky Sanchez no baixo e Xiquinho Mendes na guitarra, o Pedra Letícia acaba de lançar seu novo CD #EuSouPedreiro e já desponta com novos hits entre públicos variados. A música que dá nome ao CD já vem conquistando espaço entre as mais pedidas em rádios de todas as regiões, e canções como Lá Lá Lá, Me Provoca e Confesso eu Sou Cafajeste já são cantadas pela platéia em todos os shows.

A música Ela Traiu o Rock n Roll, escrita em parceria de Fabiano Cambota com o humorista Danilo Gentili está também entre as mais pedidas pelo público das redes sociais. Juntando-se aos sucessos dos CDS anteriores (Teorema de Carlão/Pega uma Baranga, Como que ocê pôde Abandoná Eu e Eu Não Toco Raul), o novo trabalho se soma no humor e na qualidade musical.

Após vencer o concurso Garagem do Faustão e participar dos grandes programas de televisão (Programa do Jô, Turma do Didi, entre outros), a banda mantém sua originalidade e irreverência em shows por todo o país.

Quando lançou seu primeiro disco, “Pedra Letícia”, em 2008, a banda goiana cantava na música “Camioneta Zera” que o fato de serem de Goiás não significava, necessariamente, que deveriam ser músicos sertanejos. Todas as canções do álbum traziam um componente de humor que marcou o grupo. Mas a banda ainda tentava se encontrar quanto ao estilo, ora brega ora rock and roll. No novo disco deles, “#Eusoupedreiro”, o humor continua lá, mas o rock prevaleceu.

A pegada humorística, no entanto, continua. “É nossa marca registrada”, diz Fabiano. Tanto é que quatro músicas foram escritas por Fabiano em parceria com Thales Augusto, três com o humorista Gus Fernandes e outra com o CQC Danilo Gentili. “Eu tinha um certo receio em compor com outras pessoas, mas perdi isso nesse novo disco”, diz Fabiano. Esse humor fica evidente na música de trabalho “Eu Sou Pedreiro”, que traz na letra versos como: “Baby, sou um pedreiro parente/Se for pra você minha obra é prima / Baby, seu corpo é um bagageiro/Baby, você tá com tudo em cima”.

APERITIVO
A abertura e encerramento do show da Banda Pedra Letícia ficarão por conta da banda Sans, criada no início de 2012, após Allison (filho do cantor sertanejo Chitãozinho), Cavena, Zeca e Mario darem fim a um projeto iniciado em 2006.

Amigos de longa data e parceiros em outras bandas, a criação da Sans veio da vontade de encontrar uma sonoridade que enfim traduziria a personalidade de cada um. Influenciados por bandas de rock, grunge e hardcore dos anos 90, as quais cresceram escutando.

O primeiro trabalho da banda foi a gravação de um álbum produzido por Luciano Garcia (guitarrista e produtor musical da banda CPM 22), com a direção musical de Phil Fargnoli (guitarrista da banda Dead Fish). O álbum traz cinco faixas compostas pelos próprios integrantes, entre elas o single “Não Preciso Mais Sonhar”, e o lançamento de um videoplipe.

SERVIÇO:
Projeto Andarilho Cultural – Banda Pedra Letícia
Onde: Andarilho Bar e Restaurante
Quando: 1º de Fevereiro
Horário: 22h
Ingressos: R$ 30,00.

Deixe uma resposta