Red Bull Brasil sofre a segunda derrota no Paulista da Série A2

Compartilhar

Equipe perdeu para o Juventus por 2 a 1 na tarde deste domingo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

O tabu foi quebrado. Depois de cinco jogos sem perder para o Juventus, o Red Bull Brasil foi derrotado pelo rival pela primeira vez na tarde deste domingo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Foi o segunda tropeço da equipe no Campeonato Paulista da Série A2.

Com o resultado, o Red Bull Brasil ocupa a 18ª colocação na classificação, ainda sem pontuar. Na próxima rodada, quarta-feira, o time enfrenta o Capivariano, em Capivari.

O time comandado pelo técnico Hemerson Maria começou melhor a partida deste domingo. Aos cinco minutos, o atacante Wescley recebeu na área, fintou o zagueiro e chutou para fora. Aos 16, o atacante teve mais sorte. Cortou o zagueiro e soltou a bomba para vencer o goleiro Tulio e abrir o placar no Moisés Lucarelli.

O Red Bull Brasil voltou ao ataque aos 20 minutos. O lateral-direito Felipe Cordeiro arrancou pela direita e chutou cruzado, mas a bola saiu à direita do gol de Tulio.

Aos 27 minutos, o Juventus quase empatou. Após cobrança de falta da esquerda, o volante Téssio cabeceou e o goleiro Júlio César fez grande defesa mandando a bola para escanteio.
Aos 34, Felipe Cordeiro tabelou com Wescley e chutou de fora da área, mas o goleiro Tulio mandou para escanteio.

O Juventus empatou no último minuto do primeiro tempo. O meia Paulo Santos cobrou falta com perfeição da entrada da área e acertou o ângulo do goleiro Júlio César.

No segundo tempo, novamento o time da casa começou melhor. Aos seis minutos, Felipe Cordeiro cruzou da direita, a zaga afastou e o meia Fernandes pegou de primeiro, mas o goleiro Tulio defendeu. Aos 25, Fernandes arriscou de fora da área e a bola passou raspando a trave.

O Juventus passou a ameaçar nos contra-ataques. No primeiro, aos 34 minutos, Renato recebeu na área e chutou rasteiro, mas o goleiro Júlio César fez grande defesa e mandou a bola para escanteio.

O Red Bull Brasil ainda teve uma boa chance aos 39 minutos, O atacante Henan recebeu na área e chutou cruzado, mas a bola saiu raspando a trave. Porém, em outro contra-ataque, o Moleque Travesso fez o segundo. Aos 41 minutos do segundo tempo, o atacante Renato recebeu livre no meio-campo, invadiu a área e chutou na saída do goleiro Julio César.

“Nós evoluímos em relação ao último jogo, principalmente na primeira etapa. Poderíamos ter feito mais gols que nos dariam uma tranquilidade maior. O gol no final do primeiro tempo desestabilizou a nossa equipe e não repetimos a atuação no segundo tempo, mas nos momentos de dificuldade a força do grupo aparece e a força do nosso grupo vai aparecer”, afirmou o técnico Hemerson Maria.

RED BULL BRASIL 1 X 2 JUVENTUS

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Silvio Renato Silveira

Gols: Wescley, aos 16, Paulo Santos, aos 45 minutos do primeiro tempo. Renato, aos 41 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Marcão, Elvis, Lucas Venuto, Getulio, Renato, Fabão

RED BULL BRASIL
Julio César, Felipe Cordeiro, Micão, Marcus Vinícius e Triguinho; Olívio, Vinícius Kiss e Fernandes; Wescley (Henan, aos 20 minutos do segundo tempo), Denílson (Bruno Aquino, aos 27 minutos do segundo tempo) e Alex William (Lucas Venuto, no intervalo). Técnico: Hemerson Maria

JUVENTUS
Tulio, Getulio, Fabão, Matheus e Marcio; Marcão (Dijair, aos 13 minutos do segundo tempo), Téssio e Fábio Gomes (Leonardo, aos 36 minutos do segundo tempo) e Paulo Santos; Elvis (Renato, no intervalo) e Rafael Magalhães. Técnico: Claudemir Peixoto

Deixe uma resposta