LUME Teatro participa de projeto internacional, que será transmitido de forma simultânea em três países

Compartilhar

Projeto reúne ainda atores escoceses e australianos; o ator Ricardo Puccetti, do LUME, participa do encontro preparatório em Sidney, no final deste mês

 

 

Imagine um espetáculo transmitido simultaneamente em três países com atores, no alto dos tetos dos edifícios e nas ruas, interagindo com artistas do outro lado do continente. A ousadia tem nome: Perch (poleiro, em inglês). Trata-se de uma produção artística e performática que envolve o LUME Teatro, do Brasil; a companhia australiana Legs on the wall, de Sidney (Austrália), e artistas convidados da Escócia, em parceria com Conflux de Glasgow.

Através de performances ao vivo, o projeto será realizado de forma sincronizada nos três países participantes – Brasil, Austrália e Escócia. A grande apresentação está prevista para julho de 2014.

 

O LUME Teatro foi convidado pelo grupo escocês de Glasgow por sua significativa inserção na cena artística nacional e também no exterior, informa o ator Ricardo Puccetti, que embarca para a Austrália nesta semana para participar do segundo encontro de criação, em Sidney (o primeiro aconteceu no ano passado na Escócia, em Glasgow, na sede do Conflux,). “O projeto traz uma narrativa espetacular e multidisciplinar, com utilização de teatro aéreo, teatro de rua, coro e orquestra”, adianta.

 

 

Segundo o ator, Perch tem como impulso criativo o universo dos pássaros, o voo como metáfora do sonho e a realidades das “gaiolas” que nos tolhem, além do movimento migratório das aves e dos grandes deslocamentos humanos. Aliando tecnologia à poesia, Perch irá ocupar três distintas paisagens urbanas: Campinas, Sidney e Glasgow.

O próximo encontro do projeto será em outubro deste ano, no LUME Teatro, em Campinas.

Ainda em Sidney, Puccetti irá promover uma vivência sobre maneiras de teatralização e musicalização em espaços não convencionais baseadas nas pesquisas desenvolvidas no Lume Teatro.

Deixe uma resposta