Almanaque Café traz a Campinas a atriz e cantora portuguesa Maria de Medeiros para show inédito, no dia 10 de abril

Compartilhar

Conhecida do grande público por sua atuação no filme “Pulp Fiction”, de Quentin Tarantino, a artista apresenta, na cidade, o show “Pássaros Eternos”

A atriz, cineasta e cantora portuguesa Maria de Medeiros (conhecida do grande público por sua atuação no filme “Pulp Fiction”, de Quentin Tarantino) apresenta seu novo álbum “Pássaros Eternos” em Campinas, no bar/restaurante Almanaque Café no dia 10 de abril (quinta-feira).

A artista será acompanhada pela banda formada por Iuri Salvagnini (piano), Marcelo Filizola (bateria), Nadinho Feliciano (baixo), Jefferson Feliciano (violão e guitarra) e pelo percussionista que viveu em Campinas e hoje está radicado na França, Edmundo Carneiro (percussão).

Maria de Medeiros circula com a mesma desenvoltura pela cena artística da Europa, Estados Unidos e no Brasil. Em 2007, lançou “A Little More Blue”, com repertório voltado à obra de músicos brasileiros, incluindo Chico Buarque, Caetano Veloso, Ivan Lins, e Dolores Duran. Em 2010, lançou seu segundo álbum Penínsulas & Continentes.

Neste novo trabalho, “Pássaros Eternos”, Maria compôs e escreveu pela primeira vez a quase totalidade das canções. “Nada a meus olhos é menos eterno que um passarinho, acrobata milagroso dos ares, pequeno ser vulnerável e trêmulo quando apanhado por mãos humanas. Gostei de associar palavras tão opostas. São momentos musicais, breves olhares à nossa cotidiana e misteriosa realidade,” revela a artista.

Considerada a melhor atriz portuguesa de cinema da sua geração, foi nomeada Artista da Unesco para a Paz. Passou a infância na Áustria, regressando a Portugal após a Revolução dos Cravos. Depois da juventude em Lisboa, onde estudou no Lyceé Français Charles Lepierre, instalou-se em Paris. Licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Sorbonne – Paris IV, frequentando a École Nationale Superieure des Arts et Techniques du Théatre e o Conservatoire National d’Art de Paris, onde se formou como atriz.

Iniciou a sua filmografia com o longa-metragem Silvestre (filme) de João César Monteiro (1982), tendo consolidado a sua atividade com “Henry e June” (1990), de Philip Kaufman e “Pulp Fiction”, de Quentin Tarantino (1994). Destacam-se ainda as suas interpretações “Três Irmãos”, de Teresa Villaverd (1994), que lhe valeu os prêmios de melhor atriz no Festival de Veneza e Festival de Cancun; “Adão e Eva”, de Joaquim Leitão (1995), que lhe deu um Globo de Ouro na categoria de melhor atriz e “O Xangô de Baker Street”, de Miguel Faria Jr.

Serviço
MARIA DE MEDEIROS com o show “Pássaros Eternos”
Quando: 10/4 (quinta-feira)
Horário: 21h
Local: Almanaque Café (Avenida Albino José Barbosa de Oliveira, 1240 – Barão Geraldo, Campinas). Telefone: (19) 3249-0014
Couvert Artístico R$ 40,00

Deixe uma resposta