Caravana da Simplificação chega a Campinas

Compartilhar

Objetivo é apresentar as novas regras da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa que entrarão em vigor em 2015

Nesta quinta-feira (25), às 10h, a Caravana da Simplificação, liderada pelo ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, chega a Campinas para apresentar as alterações contidas na Nova Lei do Simples e chamar a atenção da prefeitura para a importância das novas medidas para o setor, que entra em vigor em janeiro de 2015. O encontro será na Associação Comercial e Industrial de Campinas e vai reunir lideranças locais, associações, entidades de classe, profissionais liberais e o público interessado em saber mais sobre o tema. A entrada é gratuita.

O evento conta com o apoio do Sebrae-SP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp). Campinas é a sétima das 12 cidades que a comitiva vai percorrer no interior de São Paulo.

O ministro ressalta que os encontros com os municípios vão permitir maior interação entre os governos federal, estadual e municipal para garantir melhor aproveitamento da Lei 147/14, que trata das alterações do Simples Nacional. “São Paulo é responsável por 35% do total das micro e pequenas empresas do país. Estamos fazendo a lição de casa para implantação da Redesim. Preciso dos estados e municípios atuando juntos. O sucesso da redução da burocracia está diretamente ligado a esta integração”, disse o ministro.

As novas regras da Lei do Simples permitirão o ingresso de mais de 140 atividades da área de serviços no regime tributário focado nos pequenos negócios. A única condição para entrar no Simples será faturamento anual máximo de R$ 3,6 milhões. Com a mudança, estima-se que mais de 450 mil empresas serão beneficiadas a partir de 2015.

Cartilha com as Alterações da Lei Geral
O Sebrae-SP, em parceria com o Sescon-SP, lança durante os eventos uma cartilha com conteúdo informativo sobre as principais alterações da Lei Complementar 147/2014, a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.
Posteriormente, a cartilha também estará disponível na internet.

Deixe um comentário