Museu de Arte Contemporânea terá 1ª edição do Quinta no Museu

Compartilhar

O Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC) terá a primeira edição do “Quinta no Museu” de 2016, nesta quinta-feira, 18 de fevereiro, a partir das 17h, com diversas linguagens artísticas para o público. A entrada é gratuita.

Nesta edição, a mostra “Olho Latino: Focos Antológicos” comemora os 15 anos de existência do Museu de Arte Contemporânea Olho Latino. A atração musical será Duo Vipi, formada pelo pianista Thiago Lourenço e pelo violonista Guilherme Vieira, com repertório autoral.

Parar curtir a noite de exposição e música, haverá food trucks com comidinhas e bebidas. O estacionamento externo da Prefeitura, com entrada pela Rua Barreto Leme, estará disponível, gratuitamente, nesta quinta-feira a partir das 18h, ao público que for à “Quinta no Museu”.

Exposição “Olho Latino: Focos Antológicos”
Comemora os 15 anos de existência do Museu de Arte Contemporânea Olho Latino e apresenta três momentos que retratam a essência Olho Latino. Serão mais de 100 obras entre pinturas, gravuras, esculturas e instalações, com a curadoria de Paulo Cheida Sans. O curador também expõe e comemora 50 anos de carreira com “Lampejos Atemporais”, que reúne gravuras, pinturas, objetos e esculturas, cuja temática é a injustiça social e a corrupção.

O segundo momento é a mostra “Resquícios” do Grupo de Arte Olho Latino, que também comemora 20 anos de existência. Atualmente o grupo é formado por Alex Roch, Celina Carvalho, Cibele Marion Sisti, Lisa França, Maricel Fermoselli, Paulo Cheida Sans, Suely Arnaldo, Walcirlei Siqueira e Young Koh. As obras lembram passagens do grupo em eventos e tem algumas instalações inéditas com destaque para a gravura.

“O Guardião das Sombras” é o terceiro momento, da artista Celina Carvalho, que também completa 40 anos de carreira e apresenta uma instalação com vários componentes em recortes de madeira, bonecos de panos e máscaras diversas com foco em lendas, histórias e brincadeiras infantis.

Apresentação musical Duo Vipi
O grupo formado pelo pianista Thiago Lourenço e o violonista Guilherme Vieira, conhecido como Duo Vipi, apresenta repertório autoral do disco “Maracutando” – retrato da música instrumental brasileira, com forte influência jazzística -, além das músicas do primeiro disco “Antônio Brasileiro – Um tributo a Tom Jobim”, no qual homenageia o maestro brasileiro com arranjos/releituras e improvisações. O grupo utiliza como unidade artística, o exercício de criação espontâneo (improviso), fazendo com que cada apresentação seja única e imprevisível para os ouvintes.

quinta-no-museu

Serviço:
“Quinta no Museu”

Data: 18 de Fevereiro (quinta-feira)
Horário: a partir das 17h
Local: Museu de Arte Contemporânea de Campinas (Macc) – Av. Benjamin Constant, 1633, Centro – Campinas.
Entrada gratuita
Faixa etária: livre

Deixe um comentário