Vôlei Brasil Kirin fica fora da final da Copa do Brasil

Compartilhar

Completamente lotado, o Ginásio do Taquaral ferveu e recebeu uma grande festa, mas o Vôlei Brasil Kirin não conseguiu a vaga para a decisão da Copa Banco do Brasil.

Na noite desta quinta-feira (19), pela semifinal do torneio, em duelo equilibrado, o time campineiro acabou superado pelo Funvic/Taubaté, por 3 a 0 (25/22; 25/22 e 25/19).
Com o resultado, os comandados do técnico Horacio Dileo focam as atenções na Superliga. Novamente no Ginásio do Taquaral, o Vôlei Brasil Kirin enfrenta Copel Telecom/Maringá, na próxima quinta-feira (26), às 21 horas. “Não deu.

A torcida fez a parte dela, lotou, incentivou, mas não conseguimos segurar o saque deles e acabamos derrotados. Taubaté jogou muito bem. Não era o que esperávamos. Agora é hora de levantar a cabeça e voltar a pensar na Superliga. Semana que vem temos outro jogo importante e estaremos concentrados”, analisou o campeão olímpico Maurício Souza.

O JOGO
O Vôlei Brasil Kirin começou a partida mostrando o que tem de melhor. Vini fechou a porta do astro Lucarelli e os donos da casa assumiram a frente do placar. Com sistema defensivo funcionando bem, os campineiros rodaram contra-ataques em sequência e obrigaram os adversários a pedirem tempo (9 a 6). O time campineiro seguiu firme, dando trabalho na virada de bola e se manteve na frente do placar (16 a 15). Na reta final, porém, os visitantes foram precisos no saque e levaram o primeiro set: 25 a 22.

No segundo set, os donos do Taquaral fizeram uma parcial de recuperação. Mesmo com o bom começo dos rivais, o Vôlei Brasil Kirin mostrou força e garra para buscar o resultado em diversos momentos da parcial, chegando a encostar no placar após a inversão do 5-1 (19 a 18), após estar quatro pontos atrás. Novamente, os visitantes aproveitam dois vacilos campineiros e abriram 2 a 0: 25 a 22. A força da torcida seguiu motivando o Vôlei Brasil Kirin na terceira parcial. Rivaldo e Maurício Souza se encarregaram de comandar o ataque dos donos da casa, mas o time visitante foi implacável no saque e fechou o jogo: 25 a 19.

fotos: Cinara Picollo/Vôlei Brasil Kirin

Deixe uma resposta