Guarani vence o Dérbi 196 e complica a Ponte Preta no Paulistão

Compartilhar

Em jogo movimentado e tempos distintos, Thallyson foi o nome da partida entrando para a história do confronto campineiro.

Na noite desta Segunda Feira (16), tivermos o Dérbi 196 no Brinco de Ouro, entre Guarani x Ponte Preta, com portões fechados. Os rivais estavam com objetivos opostos na competição. O Bugre queria a vitória para se aproximar das quartas de final e a macaca queria os três pontos para fugir da última colocação do Paulistão. Em um jogo bem movimentado e com cinco gols, o lado verde da cidade se deu bem, conseguindo uma virada que entrará para a história. 

Cumprimento em tempo de Coronavírus

O jogo 

Em um primeiro tempo truncado no meio campo e com muitas faltas, o Guarani usou o fator casa e ficou mais com a posse tentando propor o jogo, mas foi anulado pela marcação da Ponte. A macaca levou perigo com Zanocelo, em chute na trave aos 18 minutos. 

Logo após, a equipe de Brigatti construiu a vantagem a partir de dois escanteios. No primeiro, aos 41, Alisson completou de cabeça o cruzamento de João Paulo. Depois, o árbitro viu toque de mão de Romércio em disputa com Bruno Reis: Roger converteu a cobrança e ampliou, aos 46. O Guarani chegou para valer apenas uma vez, quando Giovanny obrigou Ivan a fazer uma grande defesa, aos 39. 

Segundo Tempo 

O bugre voltou com mais ímpeto para tentar diminuir o placar. E foi na bola parada que Todinho deixou o jogo no Brinco em aberto, após assistência de bicicleta de Crispim. No único bom momento da Ponte na segunda etapa, Roger desperdiçou um belo contra ataque, que ali, poderia ter definido o jogo. Após os erros da Ponte, o Guarani voltou a tomar conta do jogo, graças as mexidas de Carpini.  

A noite sem torcida no Brinco de Ouro foi se resumindo em um herói: Thallyson. O lateral bugrino fez grande jogada pela esquerda e rolou para Juninho empatar a partida, aos 35. Depois, o mesmo Thallyson, aos 43, usou a perna direita para fazer um golaço e decretar a primeira vitória do Guarani em Dérbis, desde 2012, dando assim, números finais a partida. 

Com resultado, o bugre chegou aos 16 pontos, na segunda colocação do grupo D. Já a macaca, segue na lanterna tanto do grupo A, quanto da classificação geral, com 7.  

Confusão entre os jogadores no final da partida

O Campeonato Paulista será paralisado por conta da pandemia do Coronavirús (Covid-19), que está afetando todo o mundo, inclusive os esportes. Portando, essa pausa será por tempo indeterminado e teremos de aguardar para saber se o Paulistão vai, ou não, ter sua continuação na reta final. 

Ficha Técnica 

Campeonato Paulista – Décima rodada – Guarani 3×2 Ponte Preta 

Segunda Feira, 16 de março de 2020 – Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas-SP. 

Guarani: Jefferson, Cristovam (Rafael Costa), Leandro Almeida, Romércio, Thallyson, Lucas Abreu, Person (Marcelo), Lucas Crispim, Giovanny (Juninho), Pablo e Todinho. Téc: Tiago Carpini. 

Ponte Preta: Ivan, Jeferson, Alisson, Trevisan, Yuri (Cléber Reis), Dawhan, Bruno Reis (Apodi), Zanocelo, João Paulo, Safira (Bruno Rodrigues) e Roger. Téc: João Brigatti. 

Gols: Todinho, Juninho e Thallyson (Guarani). Alisson e Roger (Ponte Preta). 

Cartões amarelos: Romércio, Lucas Abreu, Person e Pablo (Guarani). Yuri, Zanocelo, Roger e João Paulo (Ponte Preta). 

Cartões vermelhos: Alisson e Roger (Ponte Preta). 

Árbitro: Salim Fendes Chaves. 

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira. 

Por: Anderson Pinheiro

Fotos: Álvaro Jr.

Deixe uma resposta