Alívio e festa: Ponte Preta vence o Mirassol e se classifica no Estadual

Compartilhar

Em uma tarde emocionante, Bruno Rodrigues decide mais uma vez.

Pela última rodada da primeira fase do Paulistão, Mirassol e Ponte Preta se enfrentaram em São Bernardo do Campo. A macaca, que não vinha bem no campeonato, conseguiu escapar do descenso e ainda beliscou uma vaga para a próxima fase, levando sua torcida a loucura nas redes sociais.

O Mirassol, que perdeu muitos atletas durante a paralisação, manteve sua segunda colocação no grupo C mesmo com a derrota e avançou para as quartas.

O jogo

Primeiros 45 sem emoções e um jogo fraco tecnicamente. Apenas duas chances para cada lado com bolas na trave. Primeiro para a macaca, que com chute de Bruno Rodrigues quase abriu o placar. Já no finalzinho, Moraes também acertou o poste e por pouco não correu para o abraço.

Segundo tempo

O jogo não melhorou na técnica, mas ganhou em emoções. A ponte, chegou a estar rebaixada em certo momento do jogo, mas isso não durou muito, graças a Bruno Rodrigues. Após cruzamento de Lazaroni, a bola encontrou a cabeça do atacante alvinegro, que abriu o marcador. Com o placar adverso, o Mirassol avançou a marcação e assustou só nos momentos finais. Parou por aí. Quando o juiz ergueu os braços, estava decretado a permanência da macaca na série A1 e a vaga para as quartas de final.

E agora?

A equipe campineira precisava vencer seus dois jogos pós paralisação e conseguiu o feito. Com isso, enfrentará o Santos, na Vila, nesse meio de semana na partida eliminatória.

O Mirassol, apesar da derrota, também avançou. Medirá forças com o São Paulo, no Morumbi por uma vaga na semifinal da competição.

Datas e horários dos jogos ainda serão definidos pela Federação Paulista, nesta segunda feira (27).

Ficha Técnica

Campeonato Paulista – Décima segunda rodada – Mirassol 0x1 Ponte Preta

Domingo, 26 de julho de 2020, Estádio Primeiro de maio – São Bernardo do Campo

Mirassol: Kewin, Daniel Borges (Matheus Rocha), Tiago Alves, Reniê, Moraes, Danilo, Du (Lucas Vital), Alisson Silva, Kauan (Netto), João Mota e Juninho (João Arthur). Téc: Ricardo Catalá.

Ponte Preta: Ivan, Apodi, Wellington Carvalho, Alisson, Lazaroni, Dawhan, Jeferson, Zanocelo (Bruno Reis), João Paulo (Danrlei), Bruno Rodrigues (Osman) e Safira (Moisés). Téc: João Brigatti.

Gol: Bruno Rodrigues (PON).

Cartões amarelos: Alisson Silva e Kauan (MIR). Safira (PON).

Árbitro: José Claudio Rocha Filho.

Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa e Herman Brumel Vani.

Por: Anderson Pinheiro

Deixe uma resposta