Troféu do Interior: Nos pênaltis, Bugre vence o Ituano e vai ás semifinais

Compartilhar

Com um tempo de cada equipe, classificação só saiu depois de 30 penalidades.

Nesta Quarta Feira (29), Guarani e Ituano se enfrentaram em Osasco, em partida válida pelas quartas de final do Troféu do Interior. O bugre, que foi eliminado das fases finais do Paulistão, entrou em campo para tentar apagar a má impressão causada nos dois últimos jogos, pós paralisação. Já a equipe de Itu, que havia escapado do rebaixamento, sonhava com a vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

Melhor para o Guarani, que depois do empate por 1×1 no tempo normal, teve que aguardar 30 cobranças de pênalti para confirmar a classificação para as semifinais e continuar a caminhada pelo seu novo objetivo, de ser campeão do Interior e se preparar para o início da Série B.

O jogo

Nos primeiros 45, o Guarani foi melhor. Logo aos cinco minutos, Eduardo Person fez boa jogada pela direita, cruzou para Waguininho dar um bonito toque de cavadinha, tirando as chances de defesa de Pegorari, 1×0. Depois do gol, a equipe de Carpini continuou melhor, mas, não teve chances claras de ampliar o marcador. Enquanto o Ituano, só chegou uma vez com o chute de Gabriel Paliari, sem perigo para Jeferson.

Segundo Tempo

Um tempo de cada time. O Ituano voltou muito melhor e apertou o Guarani ficando mais com a bola no campo de ataque. Conseguiu o empate aos 30. Na cobrança de escanteio pela esquerda, Jeferson saiu mal e a bola sobrou no pé de Gabriel Barros, que correu para o abraço. O Bugre cansou e não conseguiu mais assustar. Com isso, o Galo manteve a posse de bola, porém, sem ímpeto, não mudando o desfecho que merecidamente teria de ser nos pênaltis.  

Pênaltis

Após 15 longas séries, com 30 cobranças, o Guarani saiu mais alegre. Antes disso, o time campineiro teve quatro oportunidades do gol derradeiro, mas desperdiçou. Destaque para o goleiro Jeferson, que evitou quatro tentos, e ainda, fez o seu. Nos pés de Elias Carioca, ele deslocou Pegorari e deu fim as alternadas, 11×10.

Com a vitória, Guarani avançou ás semifinais do Troféu do Interior para medir forças com a Inter de Limeira, no Sábado, 11h em Araraquara. A outra semi, o Botafogo-SP terá de aguardar Santo André ou Bragantino. Data e horário ainda serão definidos.

Ficha Técnica

Campeonato Paulista – Troféu do Interior – Guarani 1 (11×10) 1 Ituano

Quarta Feira, 29 de julho de 2020 – Estádio José Liberati – Osasco

Guarani: Jeferson, Pablo, Romércio, Bruno Silva, Bidú, Deivid, Eduardo Person, Arthur Rezende (Lucas Abreu), Lucas Crispim (Marcelo), Todinho (Elias Carioca) e Waguininho (Renanzinho). Téc: Tiago Carpini.

Ituano: Pegorari, Léo Duarte, Suélliton, Léo Rigo, Breno Lopes, Baralhas, Serrato (Felipe), Paulinho, Gabriel Barros (Mateus), Eduardo (Luiz Paulo) e Gabriel Taliari (Guilherme). Téc: Vinicius Bergantim.

Gols: Waguininho (GUA). Gabriel Barros (ITU).

Cartões Amarelos: Deivid e Arthur Rezende (GUA).

Árbitro: Ilbert Estevam da Silva.

Assistentes: Vitor Carmona Metestaine e Fabio Rogerio Baesteiro.

Por: Anderson Pinheiro


Deixe uma resposta