Pé esquerdo: Guarani é derrotado pelo CSA na abertura da Série B

Compartilhar

Em mais uma falha pelo alto da zaga bugrina, Geovane decretou os pontos para os Alagoanos.

Neste Sábado (8), a série B do Brasileirão foi iniciada para Guarani e CSA, em Alagoas. Em semana dramática para os mandantes, o técnico Eduardo Baptista perdeu nove jogadores por conta da infecção do Covid 19. Mesmo assim, se superaram e saíram vencedores na primeira rodada. Já o Bugre, voltou a falhar na bola parada e não conseguiu vencer na estreia mais uma vez.

O jogo

Por estar em casa, o CSA começou melhor. Com mais posse de bola, o time Alagoano apertava o Guarani para tentar abrir logo o marcador. Mesmo assim, a primeira boa chance foi dos campineiros. Lucas Crispim aproveitou bobeira da zaga, carregou a bola e por pouco não correu para o abraço.

No lance seguinte, alegria aos mandantes. Em bonita jogada ensaiada, Alan Costa ajeitou para Geovane chegar batendo e inaugurar o placar, aos 16. O Bugre só voltou a assustar nos 34. Bidú acertou um bom chute, mas, bateu na rede pelo lado de fora.

Segundo Tempo

O Guarani tomou mais conta dos últimos 45. Trabalhava bem a bola, porém, na hora da finalização, pecava. Teve chances com Crispim, que bateu falta para boa defesa do goleiro. Depois o chute na trave de Bidú. O CSA não assustava, apenas fazia o tempo passar nos pequenos momentos em que detinha a redonda. A última chance do jogo foi bugrina: Em cruzamento pela esquerda, Todinho, livre, cabeceou para fora, encerrando as chances de empate.

Como fica?

Com a derrota na estreia, o Bugre não tem muito tempo para lamentar. Voltará a campo na próxima Terça Feira (11), no Brinco de Ouro, ás 20h30, contra o Cruzeiro, para tentar somar seus primeiros pontos no campeonato nacional.

Já o Azulão, tentará mais um bom resultado na Quarta (12), contra a Chapecoense, fora de casa, ás 16h30.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro (Série B) – Primeira Rodada – CSA 1X0 Guarani

Sábado, 8 de agosto de 2020 – Estádio Rei Pelé – Maceió

CSA: Thiago, Caio Felipe, Alan Costa, Luciano Castán, Rafinha, Richard, Geovane, Nadson (Willian Rocha), Renatinho (Netto), Rafael Bilú (Allano) e Diego Mauricio (Alecsandro). Téc: Eduardo Baptista.

Guarani: Jeferson, Pablo, Wálber, Bruno Silva, Bidú, Deivid (Elias Carioca), Arthur Rezende (Renanzinho), Lucas Crispim, Todinho, Bruno Sávio (Rafael Costa) e Waguininho. Téc: Tiago Carpini.

Gol: Geovane (CSA).

Cartões amarelos:  Thiago, Caio Felipe, Luciano Castán, Richard e Alecsandro (CSA). Arthur Rezende, Bruno Sávio e Waguininho (GUA).

Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira.

Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Leonardo Henrique Pereira.

Por: Anderson Pinheiro

Deixe uma resposta