Nos acréscimos, Ponte Preta supera o Botafogo-SP no Majestoso e volta ao G4

Compartilhar

Em jogo de muitos desfalques e poucas emoções, Macaca se salva com erro grotesco da zaga do Pantera

O Moisés Lucarelli foi palco da abertura da oitava rodada da série B para o duelo entre Ponte Preta e Botafogo-SP, na noite desta sexta feira (4). O que estava em jogo para as equipes era o reencontro com a vitória. A Macaca vinha de derrota na última rodada e o Pantera já somava três partidas sem triunfo. Bom para a Ponte, que com um gol contra nos acréscimos, voltou a sorrir e garantiu retorno ao G4.

O jogo

Os desfalques fizeram com que a Ponte sofresse nos primeiros 45. Os campineiros não conseguiam criar jogadas e nem sequer assustava a meta de Darley. A primeira chance do tempo inicial só foi aparecer aos 28, quando Welington Tanque fez o mais difícil e desperdiçou uma grande oportunidade dentro da área para os visitantes. A Macaca só foi finalizar nos descontos, com Peixoto, numa cabeçada sem perigo.

Segundo tempo

O Botafogo voltou melhor. O arqueiro alvinegro teve trabalho logo aos sete, no chute de Rafinha. A equipe de Ribeirão detinha a posse de bola, mas a partir daí, não criou mais chances. A Ponte foi se encontrando na partida, porém, pecava no último passe. O jogo foi se resolver nos acréscimos: Em chutão para o ataque pontepretano, o lateral Gilson tentou o recuo para o goleiro, entretanto, foi infeliz na jogada e acabou jogando contra o patrimônio, 1×0 Ponte. Antes do apito final, uma expulsão para cada lado marcou uma confusão no Majestoso, Danrley e Edson Júnior foram esfriar a cabeça no chuveiro.

E agora?

Com o êxito, o time de Brigatti voltou a figurar entre os quatro primeiros, com 14 pontos, ocupando a terceira posição. Para se manter ali, a Macaca deve torcer contra alguns adversários. Daqui uma semana (dia 11), a Ponte viaja até Santa Catarina para enfrentar o Avaí, às 19h15.

O Pantera segue na 12º colocação, com oito pontos, e agora acumula quatro partidas sem vitória, ligando o alerta em Ribeirão Preto. Tentará mudar essa história no Sábado (12), contra o Náutico, mais uma vez fora de casa, às 19h.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro (série B) – Oitava rodada – Ponte Preta 1×0 Botafogo-SP

Sexta Feira, 4 de setembro de 2020 – Estádio Moisés Lucarelli – Campinas-SP

Ponte Preta: Ivan, Apodi (Danrley), Wellington Carvalho, Luizão, Lazaroni, Dawhan, Luís Oyama (Bruno Reis), Neto Moura (Yuri), Guilherme Pato (Osman), Moisés (Bruno Rodrigues) e Matheus Peixoto. Téc: João Brigatti.

Botafogo-SP: Darley, Valdemir (Ferreira), Robson, Jordan, Gilson, Elicarlos (Walisson Maia), Victor Bolt (Dodô), Naldo (Edson Júnior), Luketa, Wellington Tanque e Rafinha (Calabres). Téc: Claudinei Oliveira.

Gol: Gilson *contra* (PON).

Cartões amarelos: Wellington Carvalho, Luizão e Matheus Peixoto (PON); Valdemir e Victor Bolt (BOT).

Cartões vermelhos: Danrley (PON); Edson Júnior (BOT).

Árbitro: Thiago Luís Scarascati.

Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa e Leandro Matos Feitosa.

Por: Anderson Pinheiro
Fotos: Álvaro Jr

Deixe uma resposta