Dérbi 198: Guarani e Ponte Preta empatam no Brinco e se complicam na busca pelo acesso

Compartilhar

Matheus Peixoto abriu o marcador para a Macaca; Ludke deixou tudo igual para os bugrinos.

O Dérbi 198 aconteceu na noite desta terça feira (5), no Brinco de Ouro, válido pela 33ª rodada da série B. Esse, por sua vez, era o confronto mais decisivo (além de toda rivalidade) entre as equipes desde a semifinal do Paulistão de 2012, onde o Guarani saiu vencedor e terminou a campanha como vice-campeão daquele ano. O duelo marcaria a continuidade para a agremiação vencedora na luta pelo acesso, porém, com o empate por 1×1, esse objetivo ficou mais complicado pela distância que os concorrentes podem abrir até o desfecho da rodada.

O jogo

Primeira etapa movimentada no Brinco. Com equilíbrio na posse e o jogo bem truncado no meio campo, quem teve a primeira grande chance foi o lado verde. Em linda metida de bola de Murilo Rangel, a redonda foi dominada por Matheus Souza, que cara a cara com Vinhas, desperdiçou, em grande defesa do arqueiro. Minutos depois, o placar foi aberto. Em erro na saída de bola bugrina, Matheus Peixoto chapou bonito e correu para o abraço, 1×0 Ponte. A Macaca controlou bem as ações até o apito de intervalo, inibindo o seu adversário de flertar com o empate.

Segundo tempo

O Guarani voltou com mais ímpeto para a etapa final. Com isso, a Ponte adotou a estratégia de se defender e partir nos contragolpes. Entretanto, aos 14, veio o empate. Em sobrada de bola na entrada da área, Matheus Ludke acertou um chutaço para igualar o Dérbi. Após isso, as equipes abusaram de perder chances. A Macaca com Bruno Rodrigues e João Veras. Depois, o Bugre não se consagrou nos arremates de Waguininho e Matheus Souza. Com o empate, o jogo foi mesmo se arrastando para esse desfecho, que na tabela, não ajudava ninguém em questão de se aproximar do G4.

E agora?

Com o empate, a dupla campineira pouco se movimentou na tabua de classificação. O Guarani continua a um ponto da Ponte (48 e 47). Respectivamente, as equipes se encontram na 6ª e na 7ª colocação, podendo perder posição para o Sampaio Correa, que ainda joga.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o CRB, fora de casa, às 20h da segunda feira (11). Enquanto a Ponte Preta, em casa, no mesmo dia, medirá forças com o Cuiabá, às 17h30. Restam cinco jogos para as equipes ainda buscarem o sonho da série A. Cada um fazendo sua parte e, claro, secando seus principais concorrentes para chegarem vivos na rodada 38.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro (série B) – rodada 33 – Guarani 1×1 Ponte Preta – 19h15

Terça feira, 5 de janeiro de 2021 – Estádio Brinco de Ouro – Campinas-SP

Guarani: Gabriel, Mateus Ludke, Didi, Walber, Bidú (Eliel), Bruno Silva (Deivid), Murilo Rangel, Lucas Crispim (Rickson), Renanzinho (Giovanny), Matheus Souza e Waguininho (Lucas Abreu). Téc: Felipe Conceição.

Ponte Preta: Igor Vinhas, Apodi (Léo Pereira), Welington Carvalho, Luizão, Lazaroni (Dawhan), Barreto, Zanocelo, Camilo (Neto Moura), Guilherme Pato (Yuri), Bruno Rodrigues e Matheus Peixoto (João Veras). Téc: Fábio Moreno (interino).

Gols: Matheus Ludke (GUA); Matheus Peixoto (PON).

Cartões amarelos: (GUA); Ygor Vinhas, João Veras, Neto Moura (PON).

Cartão vermelho: Walber (GUA).

Árbitro: Héber Roberto Lopes.

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Eder Alexandre.

Por: Anderson Pinheiro

Deixe um comentário