Sarau Viva Nordeste – 2ª edição começa no dia 04 de fevereiro

Compartilhar

Festival de homenagem à cultura nordestina por artistas que vivem na região de Campinas dá início à programação com homenagens ao Dia do Frevo

Começa no dia 04 de fevereiro e vai até 27 de março a segunda edição do Sarau Viva Nordeste, um festival virtual de homenagem à cultura nordestina, que tem como convidados artistas sediados em São Paulo, especialmente na cidade de Campinas.

A abertura será feita pelo músico Fernando Tocha, que abre a agenda com ‘Sarau Aperitivo: Pífanos e Epifanias’, resgatando músicas tradicionais de pífano, um instrumento ancestral, mas que é considerado uma marca da arte regionalista do Nordeste. Além de músico, Tocha é produtor cultural, arte-educador e luthier de pífanos. É graduado em Antropologia e Licenciatura em Ciências Sociais pela Unicamp e graduando em Licenciatura em Música também pela mesma universidade. Integrante desde 2002 do grupo de pífanos Flautins Matuá, que pesquisa os folguedos da cultura popular.

A programação de fevereiro é toda dedicada ao Carnaval. O frevo, que desde 2012 está na lista de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da Unesco, ganhou espaço de destaque. A manifestação cultural que nasceu no final do século 19, em Recife (Pernambuco) justamente no Carnaval, é tema do evento “Frevanças Armoriais”, uma palestra espetáculo com o Grupo Madureira Armorial, na sexta-feira (05/02). Fundado em 2011, o Madureira Armorial leva a arte brasileira através de uma sonoridade baseada nas manifestações culturais do nordeste como as cantorias, quadrilhas, guerreiros, maracatus e frevos. O Movimento Armorial surgiu sob a inspiração e direção de Ariano Suassuna, em 1970, com objetivo de valorizar a cultura popular do Nordeste brasileiro, pretendendo realizar uma arte brasileira erudita a partir das raízes populares da cultura do País.

Grupo Madureira Armorial

No dia 09 de fevereiro, às 19h30, acontece o “Sarau Aperitivo: Eu Quero Frevo”, um espetáculo em homenagem ao ritmo, com Altar do Cordel, que junta os “cantadores” de cordel Rafa da Rabeca e Maria Rosa numa apresentação de cordéis autorais, clássicos e músicas ilustrativas. É o Dia do Frevo em Pernambuco, data que marca a primeira vez que o termo foi publicado, em 1907, no Jornal Pequeno, de Recife.

Sobre o Sarau Viva Nordeste
Ao longo de dois meses, o festival abre espaço para diversas apresentações artísticas, em diferentes formatos. Os ‘saraus aperitivos’ são uma espécie de pocket show virtual, que acontecem à noite, durante a semana. “Temos também as rodas de conversa, que trazem à tona diálogos atuais e pertinentes com coletivos e movimentos que têm o Nordeste como referência em seus fazeres artísticos”, explica Dani Almeida, uma das produtoras e apresentadoras do evento. Com edições semanais, as palestras espetáculos querem despertar no público a sensação de estar em uma grande plateia, como num teatro, casa de show ou centro cultural. Os sábados são reservados para os Grandes Saraus, com mais de três horas de duração, reunindo numa mesma tarde diferentes artistas e variadas performances.

Atração à parte: Oficinas culturais
Toda programação do Sarau Viva Nordeste – 2ª edição é gratuita e aberta, com transmissão pelo Youtube e Facebook. A exceção são as quatro oficinas culturais – que precisam de inscrição prévia – também gratuitas. A primeira, “Figurino e Adereços” acontece entre os dias 08 e 11 de fevereiro, das 10h às 11h, e será comandada por Déo Piti, que usa materiais recicláveis em suas criações. Há 32 anos atua no Grupo Último Tipo, como arranjador vocal, compositor, percussionista e figurinista, desenvolvendo peças inspiradas em motivos circenses e na comédia dell´arte. É criador também da marca “Saia Diferente”, que tem a proposta de confeccionar saias para o público em geral, com design moderno, irreverente, muitas vezes lançando mão da transformação de peças já existentes.

As próximas oficinas são: “Capas de cordéis”, “Encontro do cordel com a xilogravura” e “Música Nordestina”. As inscrições podem ser feitas direto pelo site www.sarauvivanordeste.com.br. Todas terão acompanhamento de intérprete em libras.

Esta nova edição do Sarau do Nordeste foi selecionada pelo Edital ProAc Expresso Lei Aldir Blanc 40/2020, com produção da Diálogos Produções Culturais. O projeto nasceu do encontro da cordelista pernambucana, arte educadora e jornalista Dani Almeida com a produtora cultural campineira Janice Castro.

Engajada em diversas atividades nos espaços culturais de Campinas, a dupla decidiu fortalecer o espaço para a cultura nordestina na região. Segundo Janice, fundadora e diretora da Diálogos Produções Culturais, “a arte regionalista é elemento formador da nossa identidade, então o Sarau pretende se consolidar como um espaço para difusão e valorização da cultura nordestina, ajudando inclusive a construir um banco de dados de artistas do Estado de São Paulo que trabalham com essa vertente cultural, para troca de experiências e reunião de informações mais aprofundadas sobre suas diferentes manifestações”.

Para o público em geral, ela garante que a experiência vai valer a pena. “Embora aconteça num ambiente virtual, o projeto será afetivo e interativo, com uma gama de profissionais de alta qualidade artística e técnica, dedicados a mostrar os valores e encantos das principais manifestações artísticas e populares do Nordeste.”

Serviço
Sarau Viva Nordeste – 2ª Edição
Data: 04 de fevereiro a 27 de março
Programação completa: www.sarauvivanordeste.com.br
Transmissão: Youtube e Facebook

Programação de fevereiro:
04/02 – (5ªf) – 19h30- Sarau Aperitivo: Pífanos e Epifanias, com Fernando Tocha
05/02 – (6ªf) – 19h30 – Palestra Espetáculo – Frevanças Armoriais, com Grupo Madureira Armorial
08 a 11/02 –  das 10h às 11h – Oficina: Figurino e adereços, com Deo Piti, (necessário inscrição prévia pelo link: https://sarauvivanordeste.com.br/services/figurinos-e-aderecos-com-material-reciclavel/). Evento com tradução em Libras
09/02 – (3ªf) –  19h30 – Sarau Aperitivo: Eu Quero Frevo. Espetáculo em homenagem ao frevo, com Altar do Cordel
11/02 – (5ª) – 19h30 – Roda de Conversa: Baque Virado  – O maracatu da Mestra Joana, com Grupo Baque Mulher
12/02 – (6ªf) –  19h30 – Palestra Espetáculo: Carnaval no Nordeste em São Paulo, com o Grupo Acabocaria
13/02 – (sáb) – 14h – Grande Sarau: Folias de Carnaval, com Laura Tomé, Grupo Camaleoa Teatro, Rafa da Rabeca e Ilcéi Mirian.
18/02 – (5ªf) –  19h30- Sarau Aperitivo: Bailinho de Máscaras: meninada em folia, com Elaine Alves e Dani Almeida
19/02 – (6ªf) –  19h30 – Palestra Espetáculo: Retalhos de Carnaval, com o Grupo Cordel Cantante
25/02 – (5ªf) – 19h30 – Roda de Conversa: A mulher nordestina no cinema, com Mulheres nordestinas na 7ª arte.
26/02 – (6ª) – 19h30 – Palestra Espetáculo: Nordeste Cult, com o Grupo Bolero Freak
27/02 – (sáb) – 14h – Grande Sarau: Ler é um Viagem, com Moreira de Acopiara, Katia Fonseca, Luciano Braga e Suzana Montauriol.

Programação de março:
04/03 – (5ª) –  19h30 – Sarau Aperitivo: Canções poderosas para mulheres arretadas, com  Vanessa Oliveira.
05/03 – (6ª) – 19h30 – Palestra Espetáculo: Mulheres em ação na arte do cordel, com o coletivo feminino Teodoras do Cordel.
06/03 – (sáb) – 14h – Grande Sarau: Força Feminina Nordestina, com Bill Dias (música e poesia), Maria Cândida (contação de histórias), Trio Maria Lua (forró pé-de serra), Tin Tin Alves e Luciano Braga (teatro e poesia).
08 a 11/03 –  das 14h às 15h – Oficina Capas de Cordéis, com Nireuda Longobardi (necessário inscrição prévia pelo site www.sarauvivanordeste.com.br) Evento com tradução em Libras
11/03 (5ª) – 19h30 – Palestra Espetáculo: Afronordestinas, com o Grupo La Cantante de La Trinidad e sus hijos.
12/03 (6ªf) – 19h30 – Roda de Conversa: Cordéis Femininos nas Bibliotecas, com o coletivo feminino Teodoras do Cordel.
15/03 a 18/03 – das 10h às 11h – Oficina: Encontro do cordel com a xilogravura, com Marco Haurélio e Lucélia Borges (necessário inscrição prévia pelo site www.sarauvivanordeste.com.br) Evento com tradução em Libras
18/03 (5ªf) –  19h30 – Sarau Aperitivo: Fadices e Bruxarias nas Terras do Cangaço, com  Suzana Montauriol e Carlos Rezendes.
19/03 (6ªf) – 19h30 – Palestra Espetáculo: No ritmo do Coco, com o Grupo Coco Yiawarete
20/03 (sáb) – 14h – Grande Sarau: Nordeste do faz e conta e encanta, com Cleusa Santo (contação de histórias), Samuel de Monteiro (cordel), Juliana Firmo (teatro) e Aldy Carvalho (música regional).
22 a 25/03 – das 14h às 15h – Oficina: Música Nordestina, com Gilber Souto Maior (necessário inscrição prévia pelo site www.sarauvivanordeste.com.br) Evento com tradução em Libras
25/03 (5ª ) – 19h30 – Sarau Aperitivo: Comidas nordestinas, com Chef Marcelo Reis e a cantora Ilcéi Mirian.
26/03 (6ª) – 19h30 – Palestra Espetáculo: Encantos Circenses Nordestinos, com o Grupo Último Tipo.
27/03 (sáb) – 14h – Grande Sarau: Nordeste Circense, com Palhaço Custelinha (performance circense), Edimaria e Miro Cena (música e contação de histórias), Varneci Nascimento (cordéis divertidos) e Ana Person (música).

Deixe uma resposta