Copa do Brasil 2021: Ponte Preta vira em cima do Gama e avança para a segunda fase

Compartilhar

Com gols de Apodi e Thalles, Macaca sofre, mas consegue o triunfo na estreia do mata mata nacional.

Na abertura da Copa do Brasil, o sorteio quis o confronto entre Gama e Ponte Preta pela primeira fase da competição. No regulamento, o time com melhor ranking, que são os visitantes, tem a vantagem do empate para avançar. Com isso, o único resultado cabível para o Gama era a vitória. A Ponte quase se complicou saindo atrás do marcador, mas conseguiu a virada, a classificação para a segunda fase e também uma grana boa.

O jogo

A Macaca começou bem a partida sempre aproveitando as jogadas individuais de Moisés pelo lado. Foi com ele mesmo as duas oportunidades desperdiçadas pelos campineiros na primeira etapa, quando o camisa 21 não caprichou nos arremates. Quando o Gama foi se encontrando na partida, o placar foi aberto: Aos 38, boa troca de passes do time verde até a finalização de Daniel, que correu para o abraço.

Segundo tempo

É sempre bom lembrar que com esse placar, a Ponte daria adeus a competição. Por isso, Moreno tratou de pôr a equipe com força ao ataque. Com isso, Pedrinho quase empatou num bom chute. Depois, o mesmo Pedrinho fez cruzamento para Apodi deixar tudo igual e recolocar a Ponte na próxima fase. O Gama não tinha alternativas a não ser se lançar. Mesmo assim, não soube caprichar e ainda tomou a virada no finalzinho com Thalles, para aí sim, decretar o avanço dos campineiros.

E agora?

A Macaca aguarda o confronto entre Marília e Criciúma para ver quem enfrenta na sequência. Na mala, viaja bastante dinheiro. Com mais de 600 mil reais pelo avanço, a Ponte já havia embolsado 560 mil pela participação, então, ao todo, são mais de 1 milhão e 200 mil na conta dos campineiros. Foco agora volta ao Paulistão, quando no sábado, medirá forças com o Botafogo-SP.

Ficha técnica

Copa do Brasil (1ª fase) – Gama 1×2 Ponte Preta – 15h30

Quarta feira, 10 de março de 2021 – Estádio Serra do Lago – Luziânia (GO)

Gama: Matheus; Fernandinho (João Magalhães), Igor, Vinícius e Júnior Alves (Ramiro); Kasado (Pipoca), João Victor e Gustavo Lila (Gustavo Henrique); Daniel Mendonça, Ueslei (Igor Pain) e Caíque. Téc: Vitor Santana.

Ponte Preta: Ygor Vinhas; Apodi (Léo Naldi), Ruan Renato, Luizão e Yuri; Dawhan, Vini Locatelli (Barreto) e Renan Mota (Thalles); Moisés (Papa Faye), João Veras e Pedrinho (Bruno Michel). Téc: Fábio Moreno.

Gols: Apodi e Thalles (PON); Daniel Alagoano (GAM).

Cartões amarelos: Yuri e Faye (PON); Caíque, Júnior Alves e Fernandinho (GAM).

Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior.

Assistentes: Lorival Candido das Flores e Francisco de Assis da Hora.

Por: Anderson Pinheiro

Deixe uma resposta