Sinfônica de Campinas sob a batuta do italiano Alessandro Borgomanero nos concertos de sábado e domingo

Compartilhar

O italiano se apresenta no final de semana, no Teatro Castro Mendes

A Sinfônica de Campinas recebe o regente e solista italiano Alessandro Borgomanero nos concertos deste fim de semana, no Teatro Castro Mendes. As apresentações acontecem no sábado (11/11), às 20h, e domingo (12/11), às 11h. Além de conduzir a orquestra, o músico convidado irá fazer os solos ao violino.

Italiano de Roma, Borgomanero formou-se com o título de Mestre em 1992, na Universidade de Música Mozarteum, de Salzburg, na classe do violinista Ruggiero Ricci. Continuou seus estudos com renomados violinistas como Boris Belkin, Salvatore Accardo e Rodolfo Bonucci. Apresentou-se como solista frente a várias orquestra sinfônicas, na Europa, nos Estados Unidos e com as principais do Brasil.

A sua discografia inclui dois CDs gravados com o Mozarteum Quartett, com quartetos e quintetos de Mozart com o clarinetista Wenzel Fuchs da Filarmônica de Berlim, um CD de violino e violão com um arranjo dos Quadros de uma Exposição de Mussorgsky e outro com peças virtuosísticas para violino e piano.

Atualmente está radicado em Goiânia onde é professor de violino na Universidade Federal de Goiás e está à frente da Orquestra Filarmônica de Goiás.

Serviço:
Orquestra Sinfônica de Campinas
Alessandro Borgomanero – Regente e Solista (violino)
Quando: 11/11, sábado, 20h e 12/11, domingo, 11h
Onde: Teatro Municipal Castro Mendes
Endereço: Praça Correia de Lemos, s/nº – Vila Industrial – Campinas Informações: (19) 3272-9359.
Ingressos: Sábado – R$30,00 (inteira), R$ 15,00 (estudantes, aposentados), R$ 10,00 (professores das escolas públicas e privadas da RMC, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências), R$ 5,00 (estudantes das redes municipal e estadual).
Domingo – valor promocional: R$ 6,00 (inteira), R$ 3,00 (meia entrada); R$ 2,00 (professores das escolas públicas e privadas da RMC, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências); R$ 1,00 (estudantes das redes municipal e estadual).
Classificação indicativa: 6 anos.

Álvaro da Silva Júnior

Jornalista, Fotógrafo e profissional de Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe uma resposta