Ponte empata em casa com o Atlético Goianiense

Compartilhar

Em uma partida bastante truncada, em especial no primeiro tempo, a Ponte Preta conseguiu criar boas chances, mas não saiu do zero a zero contra o Atlético Goianiense nesta noite no Majestoso. Com o resultado a Macaca chegou aos 19 pontos, mesma pontuação do líder Bragantino Red Bull, que ainda joga nesta rodada e será o próximo adversário da Ponte na terça-feira que vem (23) em Bragança Paulista.

O jogo

O primeiro tempo foi bastante truncado, mas a Ponte teve boas chances. Aos três minutos, Roger acionou Marquinhos. O zagueiro adversário Nicolas chegou antes e, na disputa de bola, o meia-atacante alvinegro ficou caído no chão, mas o árbitro não marcou nada. Aos seis, Marquinhos cruzou na área e Matheus Vargas ajeitou para  Roger, que foi travado na hora do chute.

Aos 19, Airton lançou para Diego Renan, que passou para Matheus Vargas. O meia foi derrubado e, na cobrança de falta, a bola foi para linha de fundo.  Aos 27, Renan Fonseca fez boa jogada com Matheus Vargas, que passou para Diego Renan, porém a zaga adversária cortou. Aos 28, Roger foi derrubado em lance de ataque, mas na cobrança de Diego Renan a bola saiu por cima do gol.

Aos 31, Gerson Magrão levantou a bola na área adversária e Trevisan tentou de cabeça, mas a bola saiu. Aos 36, foi a vez de Ivan brilhar: em cruzamento pelo lado esquerdo, a bola desviou e Pedro Raul deu cabeceada forte e Ivan fez grande defesa com o peito. Na sequência , a Ponte chegou bem no ataque em jogada em que Trevisan cruzou pela esquerda e o goleiro adversário salvou dando tapinha na bola. No rebote, Marquinhos foi travado pelo zagueiro oponente. A Ponte ainda teve algumas chances no primeiro tempo, mas a bola acabava sendo travada pela defesa adversária.

No segundo tempo, Diego Renan quase abriu logo aos cinco minutos: Diego Renan chutou bem de perna esquerda para o gol oponente e o goleiro adversário se estiou inteiro para espalmar. Aos 16, Magrão trabalhou bola com Marquinhos pelo meio, que chutou para defesa de Kozlinski.

Aos 24, Diego Renan cruzou pela esquerda, a bola pela defesa adversária e sobrou para João Carlos, que chutou com perigo. No minuto seguinte, Edson avançou no campo adversário e passou para Roger, que soltou chute forte para o gol do oponente, que passou rente ao travessão.

Aos 33, Diego Renan cruzou rasteiro e a bola sobrou para João Carlos, que bateu colocado, mas o goleiro adversário fez milagre e espalmou.  Magrão pegou a bola na sequência e chutou rente à trave. Aos 46, o último lance de perigo da Macaca. Lucas Rocha cometeu falta em Matheus Vargas, perto da área. Alex Maranhão bateu bem colocado, mas o goleiro adversário pegou. Aos 48, o juiz apitou o final do jogo: 0 a 0 no Majestoso.

Ficha do jogo

Ponte Preta – Ivan; Diego Renan, Renan Fonseca, Airton e Henrique Trevisan (Isaac); Edson, Matheus Vargas, Gerson Magrão (Alex Maranhão) e Camilo; Marquinhos (João Carlos) e Roger. Técnico: Jorginho.

Atlético Goianiense- Mauricio Kozlinsk; Jonathan, Lucas Rocha, Gilvan, Nicolas e André Castro; Moacir e Jorginho;  Matheuzinho, Pedro Raul (Jarro) e Mike. Técnico Wagner Lopes

Arbitragem: Luiz César de Oliveira Magalhães apita o confronto, auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira e Jailson Albano da Silva – trio do Ceará. Ilbert Estevam da Silva, de São Paulo, é o quarto árbitro.

Cartões amarelos: Gerson Magrão, Marquinhos, Airton e Trevisan; Moacir, Pedro Raul
Público total 4621
Público pagante 4333
Publico não pagante 288 Renda 42.915,00

Deixe uma resposta