Em jogo movimentado, Ponte Preta vence Corinthians pelo Paulistão

Compartilhar

Destaque para o goleiro Ygor, que operou milagres no Majestoso

Em uma brilhante noite do goleiro Ygor Vinhas, a Ponte Preta conquistou os três pontos em casa, contra o Corinthians pelo placar de 2×1 e continuou na cola do Santos no grupo A. O jogo se resumiu em três grandes lances da primeira etapa, onde o time de Gilson Kleina fez dois gols rapidamente, e de cara, viu seu goleiro defender um pênalti, onde ali, a partida poderia ter tomado um rumo diferente.

O Jogo

Quem começou assustando na partida foi o Corinthians, quem em menos de 10 minutos, já tinha feito três finalizações. No entanto, quando a Ponte chegava, explorando os erros do adversário, era de forma mais perigosa. O Corinthians teve que mexer no time cedo. Com a lesão de Ramiro, que saiu chorando, o camisa 28 deu lugar ao jovem Mádson.

 E foram nesses erros individuais que a Macaca conseguiu seus dois tentos em menos de 3 minutos. Primeiro com Bruno Reis, que recebeu bom passe na grande área, fintou Cássio e balançou a rede no Majestoso aos 39. Em seguida, foi a vez de Roger aproveitar o a bobeira da zaga Corintiana. Recebeu bom passe nas costas dos defensores, saiu cara a cara com o goleiro, e apenas chapando no canto esquerdo, incendiou o Moisés Lucarelli.

No final, o Corinthians desperdiçou uma oportunidade que poderia ter colocado o timão na partida novamente. Aos 45, em pênalti cobrado por Luan, o Goleiro Ygor saltou no canto certo e fez uma grande defesa, evitando a diminuição do placar.

Segundo Tempo

O Técnico Tiago Nunes colocou Cantillo no intervalo e com isso, a equipe cresceu no jogo. Logo de cara, aos 6, a jogada iniciada por ele, foi parar nos pés de Janderson que fez bom cruzamento para Boselli diminuir o placar. A partir dai, só o time de Itaquera atacou. Ygor Vinhas fez milagre no chute de Madson e Boselli cabeceou no travessão. A Ponte abaixou o ritmo e esperou o Corinthians, passou a explorar mais os contra ataques, que em um deles, Roger quase matou a partida, mas desperdiçou. No fim, uma confusão por parte de Fair Play esquentou os ânimos das equipes.  E com oito de acréscimo, o arbitro encerrou o jogo sob reclamação do time Corintiano, que não permitiu a cobrança de um escanteio.

Com o resultado, a Ponte Preta foi para 6 pontos, ficando na segunda colocação do grupo e abrindo os mesmos três de diferença para o terceiro, Oeste. Já o Corinthians, se mantem com 4 pontos e perde a liderança da chave acumulando duas partidas sem vitória.

A macaca volta a campo pelo Paulistão na próxima Segunda Feira, as 17h, fora de casa, contra a Inter de Limeira. Enquanto o Corinthians tem o clássico contra o Santos, Domingo, em Itaquera, as 11h.

Ficha Técnica:

Campeonato Paulista – Terceira Rodada – Ponte Preta 2×1 Corinthians

Quinta Feira, 30 de Janeiro de 2020 – Estádio Moisés Lucarelli – Campinas SP

Ponte Preta: Ygor, Jeferson, Cléber Reis, Henrique Trevisan, Guilherme Lazaroni, Bruno Reis, Dawhan, João Paulo (Danrley), Apodi (Matheus Anderson), Bruno Rodrigues (Saraiva), e Roger. Téc: Gilson Kleina

Corinthians: Cássio, Fagner, Gil, Pedro Henrique, Sidcley, Richard (Cantillo), Camacho, Ramiro (Mádson), Luan, Janderson (Everaldo) e Boselli. Téc: Tiago Nunes

Gols: Bruno Reis e Roger (Ponte Preta), Boselli (Corinthians)

Amarelos: Jeferson, Cléber Reis, Lazaroni e Roger (Ponte Preta), Cantillo (Corinthians)

Árbitro: Tiago Duarte Peixoto

Assistentes: Anderson Jose de Moraes Coelho e Daniel Luis Marques

Público: 4338

Renda: R$119.910,00

Por: Anderson Pinheiro

Fotos: Álvaro Jr.

Deixe uma resposta