Guarani empata e garante permanência na Série B de 2018

Compartilhar

O Guarani decretou a sua permanência no Campeonato Brasileiro da Série B de 2018 na noite desta sexta-feira (17), no Brinco de Ouro, diante do Luverdense. O Bugre empatou em 0 a o com a equipe de Lucas do Rio Verde e chegou aos 44 pontos com 11 vitórias. Os critérios de desempate garantiram a equipe alviverde na Série B do próximo ano. No próximo sábado (25), às 17h30, no Beira Rio, o Bugre cumpre tabela diante do Internacional, em Porto Alegre.

O Jogo

Com planejamento voltado para recuperar os atletas desgastados, o Bugre retornou com as principais peças do elenco para o duelo diante do Luverdense nesta noite. Lenon retornou na vaga de Kevin, Rocha no lugar de Páscoa e Betinho voltou atuar ao lado de Baraka. Nazário, Fumagalli e Richarlyson voltaram ao time e Elias, Luiz Fernando e Junhinho deixaram a equipe. O Guarani iniciou com: Leandro Santos; Lenon, Willian Rocha, Diego Jussani e Salomão; Baraka, Betinho, Richarlyson, Fumagalli e Bruno Nazário; Bruno Mendes.

Com uma proposta bem ofensiva o alviverde dominou boa parte da primeira etapa e teve oportunidades para terminar o primeiro tempo em vantagem, porém a trave de Diogo Silva evitou que isso acontecesse. A primeira boa chegada aconteceu logo aos 2′. Fumagalli cobrou falta da direita, Willian Rocha antecipou o goleiro Diogo Silva e por pouco não abriu o marcador.

Aos 5′, Baraka roubou a bola e acionou Bruno Nazário, o meia serviu Lenon que cruzou para boa cabeçada de Richarlyson. O meia aliás, teve as melhores oportunidades pelo lado Bugrino. Aos 6′, Richarlyson aproveitou a sobra e chutou rasteiro tirando tinta da trave de Diogo Silva. O Bugre levava vantagem pelo lado direito do campo e Lenon era a principal opção de ataque.

Aos 16′, o lateral cruzou e Bruno Mendes cabeceou com muito perigo. Aos 17′, a chance foi pelo chão. Bruno recebeu de Nazário e chutou para boa defesa do goleiro. O Luverdense respondeu apenas aos 18′. Paulinho cruzou e Rafael Silva apareceu sozinho para desviar para fora. O ímpeto diminuiu mas o Bugre seguiu criando. Aos 35′, veio a melhor chance. Richarlyson recebeu de Fumagalli, ajeitou para a perna direita e acertou o travessão de Diogo Silva. O Guarani chegava com facilidade mas a bola insistia em não entrar no último terço.

Diferente do primeiro tempo, a segunda etapa começou com o Luverdense melhor mas o Guarani conseguiu equilibrar as ações e passou ter domínio na reta final da partida. O time de Lucas do Rio Verde começou atacando com Douglas Baggio. Aos 2′, Douglas arriscou mas pegou mal na bola e facilitou a defesa de Leandro Santos. Aos 6′, o LEC desperdiçou a melhor chance da partida. Douglas Baggio invadiu a área e chutou na defesa, no rebote, Rafael Silva chutou muito perto.

O susto fez o Guarani crescer no jogo e voltar dominar a partida. Aos 15′, Betinho soltou uma pancada de perna direita e Diogo Silva espalmou. Para melhorar o poder de fogo e tentar liquidar a partida, Lisca promoveu as entradas de Luiz Fernando e Paulinho nas vagas de Fumagalli e Richarlyson. O Bugre ganhou fôlego e manteve a posse de bola a fim de gastar o tempo.

O Luverdense tentou aos 38′. Sérgio Mota arriscou da entrada da área e Leandro Santos espalmou. A partida ganhou em emoção na parte final. Aos 42′, Erik deu uma cabeçada em Betinho e foi expulso. Com um a menos, Lisca colocou Éwerton Páscoa para fechar o time. E aos 44′, o zagueiro quase liquidou. Paulinho cruzou, Páscoa chutou e Diogo salvou. Ainda teve tempo de Paulinho, aos 48′, desperdiçar sem goleiro. Com o resultado o Bugre garantiu a permanência na Série B de 2018 e decretou o rebaixamento do Luverdense.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Luverdense Esporte Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Arbitragem: Jailson Macedo Freitas – BA, Alessandro Alvaro Rocha de Matos – BA e Elicarlos Franco de Oliveira – BA
Cartões Amarelos: Betinho e Leandro Santos – Pablo, William e Sérgio Mota
Cartão Vermelho: Erik e Marcos Aurélio
Público e Renda:

Guarani Futebol Clube
Leandro Santos; Lenon, Willian Rocha, Diego Jussani e Salomão; Baraka, Betinho, Richarlyson (Paulinho), Fumagalli (Luiz Fernando) e Bruno Nazário; Bruno Mendes (Éwerton Páscoa). – Técnico: Lisca

Luverdense Esporte Clube
Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Gully (Ricardo), Marcos Aurélio, Douglas Baggio (Léo Cereja); Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Sérgio Mota – Técnico: Júnior Rocha

fonte: GuaraniPress

Deixe uma resposta