Nova UTI pediátrica com 20 leitos é entregue ao HC da Unicamp

Compartilhar

Fonte e texto: Assessoria de Imprensa
Fotos: Antoninho Perri

A nova UTI Pediátrica foi inaugurada pelo reitor da Unicamp Marcelo Knobel e o superintendente do Hospital de Clínicas da Unicamp Antonio Gonçalves Filho nesta quarta, 17. As obras para duplicar a capacidade de 10 para 20 leitos começaram no ano passado e custaram R$ 3,4 milhões com recursos da reitoria da Universidade. A Secretaria de Estado da Saúde assegurou recursos de R$ 8.952.840,45 por ano para o custeio dos 10 novos leitos (insumos e contratações). Essa é a maior UTI pediátrica da Região em capacidade e área com 450 m².

A ampliação dos leitos possibilitará mais internações de crianças e o aumento de cirurgias eletivas, como as cardíacas pediátricas que terão leitos fixos. “Vai ajudar nos problemas decorrentes das doenças sazonais, como as internações de crianças com quadros respiratórios graves”, explica a chefe da enfermaria de pediatria, professora Terezinha Tresoldi.

Para o superintendente do HC, professor Antonio Gonçalves Filho, a nova área representa um salto de qualidade e segurança do paciente muito importante. “A configuração do espaço levou em conta muitos detalhes como a humanização e o bem estar de equipes, pacientes e acompanhantes, tornando o local mais eficiente e resolutivo”, avalia.

É a primeira vez que a área é reformada desde a construção do hospital, em 1985, e teve o objetivo dobrar o número de leitos. Para a realização das obras, foi necessária a reforma de outra enfermaria que abrigou os 10 leitos até hoje. Essa é uma das maiores reformas realizadas nos últimos 15 anos no hospital.

“A reforma consistiu na demolição total interna da UTI atual, para depois ser feita a reconstrução, levando em consideração o conceito atual arquitetônico, onde o posto de enfermagem fica localizado na área central e os leitos ao seu redor, possibilitando a visão dos leitos em 360°, o que facilita o contato visual de cada paciente”, esclarece Sérgio Lacerda, engenheiro e diretor da Divisão de Engenharia e Manutenção do HC.

O engenheiro explica que os objetivos principais da reforma, além da ampliação do número de leitos, que dobrou a capacidade atual, foram as adequações às normas legais físicas (AVCB e VISA) e de infraestrutura, a humanização e modernização do espaço. “A unidade contará também com as áreas de estar e conforto médico exclusivo, bem como sala de conforto para os pais, com banheiros e vestiários”, detalha.

Os dez novos leitos aumentarão em 17% a oferta em UTI pediátrica, totalizando 68 leitos do tipo na região de Campinas.

Álvaro da Silva Júnior

Jornalista, Fotógrafo e profissional de Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe uma resposta