De virada, Ponte Preta vence o Figueirense no Majestoso e encosta no G4

Compartilhar

Resultado tira a marca negativa de duas derrotas seguidas da Macaca, que encerra o turno na quinta colocação

O estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, foi o tablado para o confronto entre Ponte Preta e Figueirense, pela última rodada do primeiro turno da série B. Em lados opostos na tabela, a Macaca precisava do triunfo para se reencontrar com a vitórias após dois jogos, e de cara, encostar mais uma vez no G4 do nacional. Os catarinenses queriam os três pontos na mala para se afastar da zona de rebaixamento e dar um respiro para o trabalho de Elano. A alegria ficou mesmo em solo campineiro, que de virada, os pontos na tabua de classificação mostram a Ponte não deixando o pelotão de frente se desgarrar.

O jogo

Primeira etapa sem muitas emoções em Campinas. A Macaca, por ser mandante, naturalmente ficou mais com a bola, porém, não conseguia transformar em oportunidades de gols. A única chance foi num chute de Dahwhan que foi para fora. O que chamou atenção foi a escapada de Apodi pelo lado, que culminou num embate dento da área: Macaca reclamou pênalti, mas não foi dado. O Figueira marcava forte e tentava criar oportunidades através dos erros da Ponte. A única chance que teve, caprichou e abriu o marcador. Em jogada pela esquerda, a zaga da Ponte se atrapalhou e a bola ficou para Everton Santos, que finalizou e ainda contou com um desvio em Luizão para comemorar a vantagem. Todos aos vestiários, 0x1.

Segundo tempo

Com as mexidas de Marcelo, a Ponte acordou. Tomou conta do início ao fim da etapa complementar. O ímpeto foi tão grande, que a Macaca virou o jogo em menos de cinco minutos. Primeiro com Guilherme Pato, que recebeu livre na área e bateu cruzado para empatar. Depois, foi a vez do lateral Apodi se aventurar no ataque. No chute de Bruno Rodrigues, Sidão deu rebote e o camisa 22 colocou a Macaca em vantagem. A partir daí o Figueira não teve chances para flertar com o empate e os campineiros encerram o primeiro turno a um ponto do G4.

Próximos capítulos

A Ponte se reabilitou na competição após amargar duas derrotas seguidas. Agora, que encostou mais uma vez nos quatro primeiros, dará início ao segundo turno em Minas Gerais, no sábado (07), contra o América, às 18h30. O Figueirense estacionou na zona da degola. Com apenas quatro vitórias em dezenove jogos, a equipe de Elano terá um returno de muito trabalho para escapar dessa situação. A equipe volta a campo no mesmo sábado (07), às 16h30, contra o Operário-PR, em casa.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro (série B) – décima nona rodada – Ponte Preta 2×1 Figueirense – 17h30

Segunda feira, 02 de novembro de 2020 – Estádio Moisés Lucarelli – Campinas-SP

Ponte Preta: Ygor Vinhas, Léo Pereira (Camilo), Rayan, Luizão, Lazaroni, Dahwan, Barreto (Guilherme Pato), João Paulo (Bruno Reis), Apodi, Bruno Rodrigues (Osman) e Matheus Peixoto (Tiago Orobó). Téc: Marcelo Oliveira.

Figueirense: Sidão, Lucas Carvalho, Alemão, Victor Oliveira (Vitor Mendes), Brunetti, Matheus Neris (Arouca), Pereira, Dudu (Lucas Barcelos), Marquinho (Diego Gonçalves), Bruno Michel (Félix) e Everton Santos. Téc: Elano.

Gols: Guilherme Pato e Apodi (PON); Everton Santos (FIG).

Cartões amarelos: Bruno Michel, Dudu (FIG); Apodi (PON).

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa.

Assistentes: Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Thiago Lourenço de Mattos.

Por: Anderson Pinheiro

Deixe uma resposta